Gestão de carreira: é preciso!

A exposição diária – e necessária na era tecnológica – de nossas atividades e imagem corporativa devem ser cuidadas para que não se torne destrutiva.

Existem sugestões no mercado indicando que mostrar suas atividades pessoais diárias pode criar um maior vínculo com o público. Se me permite, discordo totalmente! Acredito que como toda Ciência, e a Gestão não é diferente, as atualizações devem ser respeitadas.

As duas pessoas – pessoal e profissional – não devem cruzar assuntos e fixar-se no mesmo canal de comunicação.  Lembrem-se de que o nosso “EU” pessoal possui características particulares (o nome já diz), que podem ser encaradas como falha à visão de seu cliente/paciente.

Os perfis profissionais de contas em mídias sociais proporcionam por meio de ferramentas o impulsionamento da visibilidade que tem como objetivo profissional a fidelização e a lucratividade. Sendo assim, relaciono abaixo algumas orientações valiosas para manutenção da credibilidade de sua identidade corporativa:

  • Separar os perfis em mídias sociais, posts direcionados a cada assunto separadamente (post pessoal na conta pessoal, post profissional na conta profissional).
  •  Levar os assuntos profissionais para a conta com perfil/configurações corporativas. As contas simples de “adicionar” não trazem benefícios e nenhuma estratégia.  E não há nada mais desprestigiado do que ter: perfil 1, perfil 2, quando no perfil corporativo não existem limites de seguidores. Você quer ser um profissional limitado?
  • Evitar ao máximo a exposição de vícios ou particularidades partidárias a qualquer coisa. Sim, sabemos que todos temos gostos etc., porém sua carreira é pautada na Ciência e não em suas torcidas ou vontades particulares.
  • Como socialmente também interagimos pelas citadas mídias, sugiro manter a conta pessoal/privada, assim os clientes/pacientes entendem claramente em qual canal será pautado o necessário para que ele se mantenha seguidor e interessado nos assuntos técnicos ao seu benefício.
  • Manter padronização em suas postagens. Tenha sua moldura, logo, e tudo que possa manter sua característica em todas as postagens.

Todas as vezes que popularizo este tema, me deparo com olhares desconfiados, restrições, pois o vício de uma incorreta exposição traz a falsa realidade de que popularidade é tudo, quando na realidade, dinheiro na conta é tudo!

Devemos entender que para absolutamente tudo que envolve nossa exposição profissional, Ética e Etiqueta Corporativa devem estar presentes.

A imagem ferida de um profissional por motivos de exposição de vontade pessoal pode ser um caminho sem volta!

O setor da Saúde, e especificamente da Saúde Estética, é um dos que mais busca qualificação e reciclagem profissional, o que é externamente bem visto e positivo mercadologicamente. E por esse brilhante motivo, nós não podemos jogar tudo pela janela pela intromissão do pessoal no profissional.

Nossa área é uma das que mais cresce no planeta, com isso crescemos todos nós e nossa conta bancária deve seguir o fluxo! Pensemos, além do cuidado com nossa “empresa – que somos nós”, também na Estética como um todo, pois afetamos muitas das vezes o coletivo por nossa falta de preparo!

Felipe Abrahão é formado em Administração com Ênfase em Comércio Exterior, tem especialização em Docência do Ensino Superior e Estética, é mestre em Promoção da Saúde, especialista em Gestão para Estética e Saúde, palestrante e idealizador de treinamentos e workshops nas áreas de Gestão e Imagem Pessoal. Instagram: @fe.abrahao

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.