Salão, uma oportunidade de trabalho

Esteticistas e micropigmentadoras (es), que tal darmos uma olhada para fora da caixa no quesito trabalho? Sim, com a busca crescente por uma vaga – já que os números de desempregados no Brasil crescem e assustam –, o salão de beleza pode ser um achado! O melhor? Sabendo argumentar, dá para provar que nesta relação, todo mundo sai ganhando! Interessadas (os)?

Deise Garcia (@deisegarcia)

Quem opta pela área de Estética logo pensa em clínicas especializadas como a principal porta de entrada para um trabalho. O que não deixa de ser verdade porque dependendo da formação da pessoa – esteticista, fisioterapeuta, massoterapeuta, entre tantas outras – centros médicos e de estética oferecem muitas chances de emprego e de planos de crescimento. Fato incontestável, certo? Sim! Porém, nem só destes endereços certeiros vive uma carreira neste segmento. Os salões de beleza – que voltam à ativa no País, região a região, com protocolos invejáveis de atendimento seguro – podem representar uma oportunidade e tanto de trabalho, em especial para esteticistas e micropigmentadoras (es).

“É uma relação de ganha- ganha. O salão amplia suas ofertas de serviço e o profissional ganha mais clientela”, explica Milena Guzman Ribeiro, micropigmentadora, de Curitiba (PR). “Eu tenho minha empresa e presto serviços em dois salões da capital, em dias fixos. Minha agenda está sempre bem cheia (claro que ajustada com as mudanças da pandemia) e as clientes que eu levei acabaram fazendo cabelo e unhas com profissionais que conheceram lá. Este relacionamento é algo muito importante, especialmente nestes tempos em que a indicação vale ouro”, conta.

Alguns salões inclusive, como a nacionalmente famosa e conhecida rede Jacques Janine, têm a Estética como pilar de igual peso na comparação com as áreas de cabelo e maquiagem. “Aqui, a Estética tem papel fundamental. Na origem da nossa casa, sempre tivemos Jacques olhando para o cabelo e Janine olhando para a pele, a estética. Está no nosso DNA”, explica o diretor artístico da rede e artesão capilar Maurício Pina.

“Meu trabalho sempre foi global, um mergulho na essência da cliente sentada ali, na minha cadeira. Não posso e não quero me restringir apenas ao cabelo. Por isso, ter no mesmo espaço profissionais nos quais confio plenamente é essencial. Ao mudar um cabelo eu já aciono a maquiagem e/ou a micropigmentação para um estudo de sobrancelhas; uma esteticista para um cuidado especial com uma pele que ficará mais em evidência com um corte mais curto ou um tom mais iluminado dos fios. Enfim, é um trabalho multidisciplinar”, conclui o artista.

BOX 1

Com a palavra, uma esteticista de salão

Regina Maura, trabalha como esteticista e maquiadora há 40 anos, todos eles na rede Jacques Janine – sendo 11 deles com franquia própria da marca em Fortaleza, na região Nordeste do país. “Eu tenho de profissão – sou esteticista e maquiadora – o mesmo tempo que tenho de casa, 4 décadas! Eu estudava arquitetura e acabei fazendo em paralelo um curso de maquiagem. Acontece que a faculdade pedia materiais muito caros e tive que começar a trabalhar para bancar os gastos. Como o curso que fiz do Senac me habilitou muito bem, logo comecei como maquiadora no Jacques Janine.  Só que acabei me apaixonando completamente pela área! O contato que eu tinha com o papel, prancheta e meus desenhos e medidas era totalmente diferente do laço afetivo criado com a cliente. O lado humano de entregar algo e ver a reação imediata, a alegria e o agradecimento do outro foi muito mais encantador para mim do que a minha régua T, acessório indispensável para qualquer arquiteto. Fiz arquitetura até o terceiro ano e acabei optando mesmo por ser esteticista e maquiadora. A minha paixão é grande, por isso mesmo perdura por tantos anos.  Claro que para tudo na vida há dois lados, vantagens e desvantagens e cada um tem que avaliar o que é melhor para si. Eu diria que entre as muitas coisas positivas de se trabalhar em um salão estão o apoio da marca em tudo o que você precisar, o intercâmbio de clientes entre colegas, a fidelidade que caracteriza a clientela de salão – aliás, em tempo áureos, eu diria que cada cliente que eu conquistava me trazia mais 10. A pandemia mudou muita coisa e impulsionou o atendimento em casa, reduzindo um pouco o fluxo ao qual estávamos acostumados. Mas eu diria que quem trabalha precisa saber que o importante é atender as necessidades e expectativas da cliente e fazer tudo com maturidade, profissionalismo e muita dedicação”, conta a expert.

BOX 2

8 (ótimos!) motivos para pensar em um salão como local de trabalho

  1. Cuidar da beleza como um todo é a missão de todo salão bacana, então, nada mais perfeito para quem cuida do outro, certo?
  2. A clientela de salão costuma ser muito fiel e regrada nos retornos, favorecendo a um trabalho mais consistente
  3. Os profissionais constantemente indicam colegas do salão para as clientes, o que gera uma ampliação natural de carteira
  4. Dependendo da relação de trabalho acordada, os serviços de agendamento do salão podem ser compartilhados
  5. A imensa maioria dos salões obedece regiamente ao protocolo proposto pelos órgãos nacionais e internacionais de saúde para atendimento, o que torna o ambiente de trabalho bastante seguro
  6. Novamente dependendo da relação de trabalho, a (o) profissional de estética ou micropigmentação pode trabalhar em espaço próprio e em domicílio além dos dias no salão
  7. Assim como na Estética, a área profissional de beleza trabalha com uma série de eventos de marcas. Nada melhor do que conhecer todas as novidades antes
  8. Salões de beleza e seus profissionais são muito requisitados pela imprensa, ou seja, serão muitas as oportunidades de uma publicidade gigante para seu trabalho

QUADRO DESTAQUE: oportunidade em números

De acordo com pesquisa pré-pandemia da Euromonitor, existem no Brasil

aproximadamente 500.000 salões de beleza ditos formais, com previsão

de crescimento de até 4,5% até 2021.

Somos uma empresa com coração e alma humanos. E a humanidade nos traz inquietude para buscarmos sempre o novo, discernimento para abraçarmos as causas certas, coragem para seguirmos adiante mesmo em face de tempos difíceis, orgulho para mostrarmos a grandiosidade do segmento brasileiro.

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.