Porta a porta, venda a venda

Que a esteticista atua como consultora de beleza, todo mundo já sabe. Que suas dicas e indicações de produtos e rotinas de cuidados valem ouro também não é segredo para ninguém. A novidade é que, com a pandemia, o isolamento e as restrições de serviços, o home care – seja no atendimento, seja na revenda de cosméticos –ganha espaço e se torna uma grande oportunidade de renda para quem trabalha no segmento

Karina Hollo (@karinahollo) 

De março para cá, muitas profissionais tiveram que fechar seus espaços de atendimento. Mas outras tantas perceberam aí uma oportunidade para não perderem suas pacientes e sua renda: a do atendimento em domicílio. “Sabemos que atender dessa forma é algo muito antigo, e que muitas profissionais optam por essa modalidade no início de suas carreiras, por não exigir investimentos muito altos”, observa a esteticista e cosmetóloga Monica Turqui, de São Paulo, vencedora como Esteticista Revelação no Estetica Business Awards (EBA) e facilitadora de cursos e palestras para os iniciantes nessa área. “Porém, acredito inclusive que é possível construir uma carreira nessa área, desde que ela seja tratada com muita seriedade – e é exatamente isso que venho fazendo. Atuo no atendimento em domicílio há mais de 10 anos, e me atualizo constantemente para levar um serviço de excelência para minhas pacientes”, continua ela.

Fato é que a pandemia pode ter feito o home care realmente ganhar espaço. “Eu sempre trabalhei com atendimento em domicílio, mesmo após ter minha clínica. E durante a pandemia, o receio dos clientes em sair de casa, ou não ter com quem deixar os filhos, contribuiu para aumentar a busca pelo home care”, revela Ana Carolina Parreira, formada em Estética pela Universidade Anhembi Morumbi, esteticista pelo Senac, com Certificação Internacional pela Escola de Drenagem de Bruxelas e Thay Massagem pela escola ITM, na Tailândia, criadora do Método Imediatt e Imediatt para Gestantes, proprietária do Espaço Carolina Parreira, no Rio de Janeiro.

Público exigente

Já se sabe que o público que gosta de ser atendido em casa é um pouco mais exigente. “Sempre compartilho em meus cursos com as colegas da área que, para sermos profissionais diferenciadas, precisamos nos atentar a cada detalhe, desde o primeiro contato com o paciente, a apresentação, vestimentas, além de todo cuidado com a biossegurança (que precisa ganhar ainda mais atenção maior no atendimento em domicílio), no transporte de produtos e descartáveis, na postura, na chegada à residência do paciente, no preparo do ambiente de atendimento, dentre tantos outros”, ensina Monica.

Se você acha que atender em domicílio é simplesmente pegar uma sacola, colocar os produtos e sair para atender, está muito enganada! “O atendimento em domicílio vai muito além disso. E começa antes mesmo de chegar à residência do paciente. Então não se acomode, leve a sério, mostre que você tem o seu valor, e que oferece ‘o melhor atendimento em domicílio’.”

Sem dúvida, continua sendo uma excelente opção para atingir diversos públicos, agregar e aumentar valor – já que esse atendimento que requer mais tempo. “O profissional deve sempre avaliar deslocamento e gastos para compor seu valor e assim, ter um ganho financeiro adequado”, observa Ana Carolina.

Autocuidado anti-stress

Manter o mínimo de cuidados pessoais, com a saúde e com o bem-estar foi a saída que muitos encontraram para passar por esse período desafiador. “É essencial tanto para o bem-estar físico como emocional. O toque tem o poder transformador e poder levar alívio para stress, ansiedade, dores e outras queixas muito comuns nesse período, de forma segura e no conforto do lar da cliente, é especial”, diz Ana Carolina.

Biossegurança em foco

Com relação aos cuidados, é preciso se atentar desde o preparo da mala, higienizando absolutamente tudo o que entra nela – inclusive as embalagens de produtos. Ao chegar na casa do paciente deve-se higienizar a mala, calçar uma sapatilha, e na sequência higienizar as mãos, começando então a paramentação, incluindo troca de máscara, e preparo do ambiente onde será realizado o atendimento. “O cliente precisa ver que você está preparado para o atendimento home care com segurança. Então ao chegar, sempre de máscara, claro, deixo os sapatos do lado de fora, coloco o pro pé, a touca, lavo as mãos e utilizo álcool 70 a todo momento, higienizando a maca e as mãos. Finalizo a paramentação adequada com jaleco, jaleco descartável e, no atendimento, o face shield (máscara de acrílico)”, fala Ana Carolina, ressaltando que também é indicado utilizar lençóis descartáveis ou o lençol/toalha da cliente se assim ela preferir. “Estou sempre atenta ao conforto da cliente quanto à temperatura do ambiente, ao posicionamento na maca, às texturas de cosméticos, para garantir uma experiência de excelência”, continua ela. 

Monica conta que os atendimentos mais buscados têm sido massagens relaxantes, drenagem e limpeza de pele. “Vale ressaltar que para realizar uma limpeza de pele em domicílio, os cuidados com a biossegurança para não haver uma contaminação cruzada, tem que ser redobrados”, ressalta Monica. Realmente, as terapias manuais são as mais procuradas – drenagem linfática, massagens de remodelagem corporal, relaxante. “A drenagem facial não é tão pedida, mas faço questão de apresentar ao meu cliente, que sempre se encanta ao conhecer. É uma forma de agregar valor ao atendimento”, diz Ana Carolina.

Renda extra com venda de produtos

Uma maneira de aumentar a lucratividade é a venda de produtos para home care, por meio de aplicativos de venda. Ou ainda ter algumas opções de produto curinga para pronta-entrega, como sabonete e protetor facial – lembrando sempre de indicar produtos de acordo com a necessidade da pele do seu paciente. “Muitos profissionais têm dificuldade na venda do home care e perdem um grande ganho financeiro, além de deixar de beneficiar sua própria cliente, orientando adequadamente”, analisa Ana Carolina, que vê na anamnese uma grande chance de orientação sobre uso adequado dos cosméticos. “Se você detém o conhecimento, mas não orienta, chega a ser um erro! Ter o produto para pronta-entrega já facilita e muito a vida do cliente, que vai adquirir corretamente, de acordo com sua necessidade. Dica: crie seu receituário e carimbo! Valorize o conhecimento que você está transmitindo ao seu cliente”, finaliza ela.

FRASES

“Muitos profissionais têm dificuldade na venda do home care e perdem um grande ganho financeiro, além de deixar de beneficiar sua própria cliente, orientando adequadamente”

Ana Carolina Parreira

“Para sermos profissionais diferenciadas, precisamos nos atentar a cada detalhe, desde o primeiro contato com o paciente, a apresentação, vestimentas, além de todo cuidado com a biossegurança (que precisa ganhar ainda mais atenção maior no atendimento em domicílio), no transporte de produtos e descartáveis, na postura, dentre tantos outros” Monica Turqui

Somos uma empresa com coração e alma humanos. E a humanidade nos traz inquietude para buscarmos sempre o novo, discernimento para abraçarmos as causas certas, coragem para seguirmos adiante mesmo em face de tempos difíceis, orgulho para mostrarmos a grandiosidade do segmento brasileiro.

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *