O mercado da Estética e os novos negócios

Temos visto evidências que o Brasil, no setor da Beleza, se mantém em alta, segue se reinventando e reagindo frente às adversidades. Algumas empresas do segmento, como indústrias de cosméticos, clínicas de estética e franquias, inovaram no atendimento comercial durante o confinamento, agiram rápido, apostando também na experiência do cliente no canal digital, obtendo crescimento significativo, mantendo seu faturamento superpositivo na crise, indo na contramão do cenário econômico.

Você pode estar pensando: qual é o segredo desse sucesso?

A resposta é partir para a ação, usar todos os recursos disponíveis com criatividade, bem como as inovações do mercado para se reinventar e obter resultados significativos.

Tendências e Inteligência de mercado para inovar o menu de serviços

Realizar uma pesquisa de mercado, segmento e nicho de atuação é extremamente importante quando desejamos alavancar as vendas. Confira algumas tendências de consumo em alta no setor da beleza.

Beleza sustentável: priorizamenos química, mais ativos naturais e embalagens recicláveis.

Rituais de beleza domésticos – Home SPA, faça você mesmo: a necessidade aponta para uma rotina rápida de beleza e cuidados pessoais em apenas quatro passos (limpeza, hidratação, antiaging e fotoproteção). Esse novo hábito veio para ficar, assim como o “menos maquiagem e mais cuidados com a beleza”. O “efeito batom” não foi o salva-vidas desta vez e sim o consumo de máscaras faciais.

Otimização facial com efeito natural – Litlift: sessões otimizadas de no máximo 30 minutos que combinam de forma estratégica preenchedores, toxina botulínica e skinboosters (todos injetáveis), entre outros procedimentos, para harmonização facial com toque mais natural possível.

Procedimentos com tecnologia de ponta, otimização do tempo em cabine: a tendência no momento é optar por plataformas com software inteligente e recursos terapêuticos com ação simultânea. Tratamentos com lasers, microagulhamento robótico, D&D (Drug Delivery) digital, entre outros recursos terapêuticos, com foco no resultado eficiente em um tempo otimizado – ficar seis horas na clínica para realizar um protocolo, no momento é inviável, o cliente não quer correr risco de contaminação.

Tricologia e produtos capilares: a queda de cabelo aumentou devido ao estresse, com isso cresceu a demanda por tratamentos especializados para esse segmento.

Cuidados com as pernas e a circulação: com o aumento do trabalho home office e o isolamento social, a circulação sanguínea e linfática fica prejudicada.

Estética integrativa e Wellness: com o estresse e a ansiedade, as pessoas estão buscando aliar soluções de beleza de Estética avançada a rituais de relaxamento e bem-estar.

Malhar sem suar: atividade física otimizada, treinamentos com tecnologia de ponta como HIFEM (High Intensity Focused Electromagnetic), campo eletromagnético de alta intensidade é a bola da vez.

A valorização da beleza do olhar: a busca por micropigmentação e extensão de cílios continua em alta, devido à necessidade de utilização de máscaras de proteção.

Barbearias e estética masculina: cresceu de forma exponencial nos últimos anos, o conceito envolve cuidados com a barba, estética corporal e um espaço descontraído para happy hour com amigos.

Beleza conectada, inteligência artificial: o futuro chegou para o setor da beleza, sistemas com inteligência artificial que por meio de dispositivo móvel traçam o perfil do consumidor e identificam as condições da pele propondo produtos com fórmulas personalizados. É o sonho se realizando! O foco é otimizar o tempo, proporcionar praticidade e segurança, seja em casa ou na clínica, porém sem impactar no resultado.

Alessandra Fregoneze (@dra.alefregoneze) é fisioterapeuta e empresária com MBA em Gestão e Atuação em Clínicas e SPAS. Pós-graduada em Fisioterapia Dermatofuncional, Head de Novos Negócios e Inteligência Comercial, Coordenadora Científica do Fórum de Gestão Grupo Estética In, mentora, palestrante e consultora do setor de Saúde Estética, autora do módulo de Auriculoterapia aplicativo atlas Meihuanet, coautora do Livro Jornada da Mente para Alta Performance, capítulo 22 sobre Empatia, soma mais de 20 anos de experiência profissional.

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.