Harmonização corporal em foco

“As inovações da estética na harmonização corporal com bioestimuladores corporais que vão comprometer os seguintes componentes: radiesse (hidroxiapatita de cálcio), Sculptra ou ácido poli-l-lático, plasma filler ou plasma gel no preenchimento corporal, as aplicações de enzimas no desenvolvimento corporal”

Por DANILO BASAGLIA 

Resumo 

Com o envelhecimento populacional, existirão em 2025 no mundo mais de 800 milhões de pessoas com idade superior a 65 anos de idade; e a longevidade populacional traz um ideal de envelhecer com saúde, qualidade de vida e bem-estar. Logo, as inovações da estética na harmonização corporal e os procedimentos estéticos não cirúrgicos, com procedimentos seguros e rápidos terão papel fundamental. O que se tornou muito frequente é a procura do cuidado com o corpo e a aparência, gerando situações de depressão e a ansiedade diante de um descontentamento com o espelho (estas problemáticas serão as detentoras na saúde no mundo até 2030). Com isso, surgem os transtornos emocionais nos seres humanos: o processo de autoaceitação, a frustração, a tristeza e o isolamento social são as causas principais dos prejuízos na vida emocional como na vida profissional. Por isso os procedimentos estéticos têm contribuído para solucionar os problemas causados na autoestima e autoconfiança, com os relacionamentos e a qualidade de vida, proporcionando a satisfação com as funções corporais. 

Palavras chaves:  envelhecimento, inovação, harmonização corporal, estética.

No mundo todo a busca por um padrão de beleza é uma corrida contra o tempo, a cada minuto é uma informação, novos produtos, novas linhas de tratamento estético, novas tendências e estilos que satisfazem não só o bem-estar, como a vaidade. O campo estético é bem abrangente e apresenta tratamentos e procedimentos de restauração e embelezamento que motivam e influenciam a autoestima do ser humano.

As questões do bem-estar, da autoestima, da automotivação e amor-próprio são a busca da felicidade em considerar valores para o equilíbrio emocional, tão necessários e ligados à questão estética.  A busca por um ideal de beleza, a natureza humana se encarrega de encontrar recursos acessíveis, não apenas para as elites, mas também para as classes mais baixas, pois a beleza deixou de ser uma questão de destino ou hereditariedade para se tornar uma escolha ao alcance de todos. E quanto mais os recursos estéticos se sofisticam mais se popularizam, mais parecem alterar a relação de cada pessoa com seus imperativos; pois ser bela não é apenas mais uma questão genética, mas ressaltou o esforço para corrigir as imperfeições herdadas pela natureza, marcas, manchas do envelhecimento, reconstruir o próprio corpo. Tudo isso, na verdade, representa a busca sobre o domínio da natureza e do tempo. 

Na área estética as opções de tratamento são inúmeras, os centros estéticos oferecem um menu com uma variedade de tratamentos personalizados, com vários protocolos de tratamentos faciais e corporais inovadores, que prometem fazer verdadeiros milagres. 

As inovações da estética na harmonização corporal com bioestimuladores corporais têm revolucionado o tratamento da flacidez da pele, pois, não é novidade que a partir dos 30 anos, perdemos 1 % do colágeno corporal por ano. Para tanto existem tratamentos novos combinados, como aplicação de preenchimentos para minimizar as irregularidades adquiridas com o passar dos anos. 

Percebe-se que atualmente as pessoas estão procurando tratamentos com resultados tangíveis, verdadeiros e comprovados e que gerem conforto. O levantamento atual sobre os métodos estéticos gira em torno das inovações da estética na harmonização corporal: bioestimuladores corporais comprometem hidroxiapatita de cálcio, ácido poli-l-lático, policaprolactona, polidioxianona, plasma filler ou plasma gel no preenchimento. 

Os bioestimuladores corporais, são substâncias injetáveis que estimulam as células (fibroblastos) do próprio corpo na produção de colágeno. Eles vão produzir resposta inflamatória no local da aplicação – fibroplasia – essa fibroplasia será responsável pelo efeito de estímulo dos fibroblastos a produzirem colágeno no local da aplicação. Dentre os bioestimuladores estão classificados: o ácido PoliL -láctico (PLL A), hidroxiapatita de calcio (CaHA), policaprolactona, polidioxianona.

A hidroxiapatita de cálcio (CaHA) é um bioestimulador de colágeno injetável sintético, considerado o mais denso dentre os preenchimentos faciais, é encontrada naturalmente no osso humano. É utilizada para preencher vincos mais profundos, mas hiperdiluido é usada como estimulador da produção de colágeno.

Já ácido poli-l-lático – é um polímero biocompatível injetável, totalmente sintético composto por micropartículas biodegradáveis e reabsorvíveis, que estimula a neogênese do colágeno Ácido poli-l-láctico.  Quando injetado, contribui para a produção de colágeno do próprio corpo. Esta substância é diferente dos demais Bioestimuladores dérmicos, pois não produz resultados imediatos. Diferentemente, ela estimula a produção de colágeno, assim, os resultados aparecem gradualmente ao longo dos meses.          

Outra terapia para rejuvenescimento e preenchimento corporal utiliza derivados sanguíneos, que demonstraram capacidade de induzir a síntese de colágeno e outros componentes da matriz extracelular, além de serem atóxicos e não imunorreativos. 

De acordo com o Ministério da Saúde, portaria Nº 158 de 2016 com artigo 5 VII VII – componentes sanguíneos especiais: produtos hemoterápicos produzidos a partir de novo processamento de alguns componentes sanguíneos, como cola de fibrina, gel de plaquetas ou outras manipulações especiais. 

E de acordo com a Associação Brasileira de Cirurgia Plástica (2017), o PRP é uma novidade terapêutica que consiste em aplicar as proteínas de crescimento celular do próprio paciente em diferentes áreas do corpo para favorecer seu rejuvenescimento. A injeção de plasma gel de como preenchimento dérmico apresenta um resultado volumétrico imediato e estável por três meses, em média, devido a sua fórmula em gel composta por feixes de fibras e proteínas gelificadas desnaturadas. Os estudos avaliaram a eficácia clínica e a segurança da injeção de plasma gel de como preenchimento dérmico, e sugeriu que a liberação contínua de fatores de crescimento de plaquetas presas no local da injeção possa ser responsável pelos efeitos terapêuticos sustentados do plasma gel por alguns meses após a última sessão de tratamento. As aplicações do plasma gel são um procedimento não cirúrgico simples, de baixo custo e bem tolerado, que oferece máxima segurança ao paciente, já que é um biomaterial autólogo e isento de riscos de reações imunogênicas ou reações inflamatórias severas. O seu uso como preenchedor corporal tem efeito volumétrico. Sua atuação deve-se ao elevado nível de fibrinogênio presente no gel, capaz de formar feixes de fibrina que funcionam como sustentação biológica para as plaquetas.

Conclusão

Como foi dito acima, as técnicas de rejuvenescimento vieram se aprimorando, não apenas pelos avanços tecnológicos, mas também para atender as necessidades do público que almeja encontrar a aparência física desejada. E os profissionais da área da estética têm tido uma formação científica e intelectual bastante sólida. Como sabemos o envelhecimento é um processo lento e inevitável, e o facial é o que mais preocupa mulheres e homens a partir dos 30 anos (os fatores ambientais aos quais o indivíduo é submetido e a intensa exposição à radiação ultravioleta é um dos principais agravantes deste tipo de envelhecimento). A ação acaba alterando a pigmentação do tegumento, deixando-o com aspecto irregular, provocando o aparecimento de manchas e rugas profundas, além de ressecamento e telangiectasias; ocorrendo a degeneração das fibras de elastina e de colágeno, o que irá comprometer o tônus e a elasticidade epitelial, dando origem a flacidez. Com isso o tecido subcutâneo flácido, que inicialmente moldava toda a superfície facial corretamente, se desloca e cai sob estruturas anatômicas fixas, a gordura local também diminui e se desloca para outras áreas da região facial, o que origina depressões ou concavidades, principalmente nas regiões orbitárias, temporal e bucal, originando regiões sombreadas e deixando o cliente com aspecto “cadavérico”.  As inovações da estética na harmonização corporal, com bioestimuladores corporais, são procuradas para melhor aliviar o processo fisiológico inevitável de todos os seres vivos, que é o envelhecimento. 

Dr. Danilo Basaglia é Farmacêutico Esteta, Graduando no Curso de Medicina, Especialista em Harmonização Corporal e Facial.

danilo_basaglia@hotmail.com

Somos uma empresa com coração e alma humanos. E a humanidade nos traz inquietude para buscarmos sempre o novo, discernimento para abraçarmos as causas certas, coragem para seguirmos adiante mesmo em face de tempos difíceis, orgulho para mostrarmos a grandiosidade do segmento brasileiro.

Compartilhe nas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.