Uma nova geração ativa

0
105

O envelhecimento exponencial das populações é um fenômeno mundial. De acordo com a Organização das Nações Unidas, através do “Relatório do Envelhecimento da População Mundial”, os adultos mais velhos (acima de 60 anos ou mais) superarão os jovens até 2050. Dados apontam que, em 2025, o Brasil será o 6º país com maior número de idosos do planeta.
Mas, quem são estes adultos mais velhos? Muito já se fala da 3ª idade, adultos com idades a partir de 60, 65 anos e que, diferente de outras épocas, são hoje super ativos. Muitos ainda trabalham e investem um tempo significativo na busca da beleza e do bem estar. Alguns estão presentes em anúncios de cosméticos, sendo considerados como os novos jovens idosos!
E aqueles de 60 anos das décadas passadas? Muitos hoje estão com 80, 85, e ainda com muitos desejos a realizar. Atualmente, uma parcela já bastante significativa tem uma boa saúde, investem no bem estar e curtem muito a vida: é o que batizamos de 4ª idade!
Para chegar saudável nesta 4ª idade é preciso se cuidar. Desde jovem, a busca que antes era pela beleza agora passa a ser pela longevidade.
Portanto, vivemos mais e com uma aparência mais jovial! Quando falamos da aparência, falamos do nosso maior órgão: a pele. Pacientes antes com 70 anos procuravam tratamentos dermatológicos para uma queixa clínica, hoje, com a vida ativa, procuram também possibilidades de manter a pele saudável e mais jovem!

Como cuidar da pele da nova 4ª idade? Aqui vão algumas dicas:
• Atenção especial com áreas corporais! Geralmente cuidamos mais da face, mas, nesta idade é preciso investir bastante na pele do corpo. Este investimento tem que ir além do hidratante diário. O produto corporal precisa melhorar a função da barreira cutânea, recuperar o equilíbrio hídrico, diminuir o ressecamento cutâneo, melhorar a redensificação dérmica, contribuir para a diminuição das púrpuras senis ( manchas roxas), além de promover suave renovação celular e estimular o colágeno. Já existem produtos desenvolvidos para estas necessidades compostos por Lactato de Amônio e Ácido Hialurônico Fracionado, além de Arnica, reunindo ações necessárias à manutenção da pele saudável e, também, do rejuvenescimento;

• No rosto também deve-se abusar dos hidratantes de última geração que associam diferentes tecnologias para uma performance hidratante maximizada. Deve-se ter especial atenção aos agentes renovadores que podem ser mais suaves, como o Ácido Glicólico, assim como utilizar agentes de limpeza suaves, como o “soap free”, já que nesta faixa etária a pele tende a ficar mais sensível;
• As unhas merecem atenção especial. É importante tanto utilizar cremes hidratantes à base de ureia para evitar o ressecamento excessivo da cutícula, quanto fórmulas fortalecedoras para as unhas com Pantotenato de Cálcio e Aminoácidos, além de sprays antissépticos com Óleo de Melaleuca para minimizar possível infestação por fungo, já que normalmente o sistema imunológico nesta faixa etária é mais debilitado;
• Nos cabelos é importante priorizar produtos que fazem reestruturação dos fios. Quem quer manter os cabelos grisalhos, usar produtos com flores de violeta, que valorize esta opção! E, também, quem utiliza bastante tintura e tende a ficar tanto com o couro cabeludo quanto com os cabelos ressecados pode utilizar o Low Poo, alternando com o shampoo de rotina.

Fonte foto: http://bit.ly/1L1IEXx

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here