Ultrassom Focado de Alta Intensidade

0
1290

adiposidadeA adiposidade localizada deve ser entendida como um aumento regional do tecido subcutâneo encontrada apenas em indivíduos que possuem o Índice de Massa Corporal (IMC) dentro de valores considerados normais, isto é, indivíduos eutróficos.

Bastante pertinente foi o estudo de doutorado da nutricionista Mirele Savegnago Mialich Grecco, da Universidade de São Paulo – USP, que validou uma nova fórmula para o cálculo do IMC, ajustado pela massa gorda obtido por impedância bioelétrica, sugerindo assim, novas faixas de classificação.

IMC =  [(3 Peso + 4 Massa Gorda) / Estatura]

Resultado: 1,35 a 1,65  (risco nutricional para subnutrição)

> 1,65 e < 2,0 (eutrofia)

> 2,0 e < 2,4 (obesidade)

> 2,4 (obesidade grave)

Com esses novos índices, podemos melhor identificar os indivíduos “falsos magros”, aqueles que perderam músculo e ganharam gordura e os “falsos gordos”, aqueles que ganharam músculo e não gordura.

É válido ressaltar que não existe até o momento nenhuma fundamentação científica que comprove o emagrecimento por meio de tratamento estético (equipamentos, massagens, cremes, etc…). Mas é de conhecimento de todos que a restrição calórica e/ou atividade física e/ou medicamentos, são os únicos agentes promotores da perda de peso.

Os tratamentos estéticos devem e podem ser associados como parte de um programa de tratamento multiprofissional (esteticista, endocrinologista, nutricionista, fisioterapeuta, educador físico, psicólogo).

No entendimento psicanalítico, o obeso busca aumentar seu volume, na tentativa de se impor “ocupando mais espaço”, na intenção de negar seu sentimento de falta de valor, importância ou influência sobre seus objetos primários. Dessa forma, podemos indicar os tratamentos estéticos ao obeso, utilizados como ferramentas auxiliares à construção de uma maior auto estima que consequentemente, irá se reletir em uma maior aderência do paciente ao programa terapêutico proposto pela equipe de profissionais.

Recentemente surgiu às mãos dos fisioterapeutas, uma nova tecnologia sonidoterápica à serviço da dermato funcional para o tratamento loco regional de adiposidades, o ultrassom focado de alta intensidade (HIFU).

O seu  transdutor  apresenta um cristal piezelétrico côncavo, fazendo com que o feixe de ultrassom seja emitido no formato de um cone, com concentração de energia  em um determinado ponto de focagem ao nível do panículo adiposo.

As oscilações do US formam  micro bolhas ar/gás no interior dos tecidos (cavitação) e  pela alta intensidade energética gerada no ponto focal, a membrana plasmática do adipócito se rompe devido ao violento colapso e consequente implosão das micro bolhas.

A alta intensidade energética no ponto focal, eleva a temperatura acima 56oC, resultando em necrose de coagulação e morte celular quase imediata dentro da zona alvo mas sem danos para os tecidos circunvizinhos (pele, vasos linfáticos e sanguíneos, músculos e nervos).

Após o tratamento com o HIFU, as células mortas induzem a uma resposta de reparação, e atraem os macrófagos (junto com outras células), onde fagocitam e transportam lipídios e restos celulares para longe da área de tratamento. A maior parte da adipócitos destruídos são reabsorvidos dentro de 12 semanas após o tratamento e 95% são reabsorvidos após 18 semanas. Isto resulta numa redução global do volume de adiposidade localizada. Estas alterações ocorrem sem aumentos significativos nos lípidos plasmáticos. Os resultados do processo da cascata de reparação resulta na atração de céulas inflamatórias, seguido de indução de fibroblastos. Assim, o colágeno é desnaturado pelo calor, resultando na formação de um novo colágeno seguida por tensão dos septos da pele.

Com base deontológica entendo que o recurso faz parte de uma prática assistencial não invasiva de validade científica comprovada, pois foram demonstradas evidências científicas de segurança e eficácia ao uso da técnica. Mas, chamo atenção para o fato do profissional não utilizar em sua prática clínica, equipamentos que não possuam registro na ANVISA.

E por fim, fazer o uso do recurso descrito como um procedimento que faça parte de um programa de tratamento individualizado à cada paciente. Dessa forma, poderemos utilizar a tecnologia ao nosso favor e não simplesmente nos posicionarmos como mero operadores técnicos de um recurso sofisticado.

Referências Bibliográficas

  • Grecco, MSM. Validação de Índice de Massa Corporal (IMC) ajustado por massa gorda obtido por impedância bioelétrica. 2012. 175 f. Doutorado em Clínica Médica. Universidade de São Paulo, Riberão Preto, 2012.
  • Jewell ML, Baxter RA, Cox SE, Donofrio LM, Dover JS, Glogau RG, Kane MA, Weiss RA, Martin P, Schlessinger J. Randomized sham-controlled trial to evaluate the safety and effectiveness of a high-intensity focused ultrasound device for noninvasive body sculpting. Plast Reconstr Surg. 2011 Jul;128(1):253-62.
  • Jewell ML, Solish NJ, Desilets CS. Noninvasive body sculpting technologies with an emphasis on high-intensity focused ultrasound. Aesthetic Plast Surg. 2011 Oct;35(5):901-12.
  • Fatemi A, Kane MAC. High-Intensity Focused Ultrasound Effectively Reduces Waist Circumference by Ablating Adipose Tissue from the Abdomen and Flanks: A Retrospective Case Series. Aesth Plast Surg (2010) 34:577–582.
  • Islam Ahmed Shehata . Treatment with high intensity focused ultrasound: Secrets revealed. European Journal of Radiology. Volume 81, Issue 3, March 2012, Pages 534–541.
  • Motta, DG. Palestra: Nutrição & Psicanálise: a fome e o amor governam o mundo… Disponível em: http://www.denisegiacomo.com.br/documentos/ palestra25597.pdf
  • Niwa ABM, Shono M, Mônaco P, Prado G,Osório N. Experiência no uso do ultrassom focado no tratamento da gordura localizada em 120 pacientes. Surg Cosmet Dermatol 2010;2(4):323-5.
Compartilhar
Artigo anteriorOs riscos do sol!
Próximo artigoOlheiras: qual é a causa ?
Márcia Consulin
Márcia Consulin é mestre em Fisioterapia, especialista em Fisioterapia Dermato Funcional, tem formação internacional no Método Leduc e é Coordenadora da Pós-Graduação Lato Sensu em Fisioterapia Dermato Funcional da UNIMEP.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here