Terapia de microagulhas na estética

0
1056

dermaroller (1)Em nosso país, há alguns anos, chegaram de forma completamente incoerente, os rollers com microagulhas para procedimentos estéticos. Eles eram encontrado em sites de venda livre, sem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), sendo que qualquer pessoa poderia adquiri-lo, independente do tamanho da agulha, para uso livre e indiscriminado.

Uma cliente chegou a me perguntar como poderia usar em casa para tratar estrias, pois estava receosa devido ao sangramento que ocorria. Ela tinha visto vídeos pela internet e já havia adquirido para uso próprio.

Tendo o mínimo de conhecimento em biossegurança e fisiologia,  podemos ver que são grandes os riscos quando usado de forma inadequada.

Com base nisso e após ministrar cursos e palestras abordando o assunto, decidi responder as principais dúvidas sobre esta terapia.

Vamos lá!

O que é a Terapia de Microagulhas (TMA) na estética?

Conhecida por diversos nomes, dentre eles dermaroller, microagulhamento, terapia de microagulhas, terapia de indução percutânea é um novo conceito de penetração de ativos cosméticos através da epiderme, criando uma rota transcelular.

Como funciona?

Na TMA, as microagulhas penetram nas camadas da epiderme gerando microcanais e abrindo caminho para que produtos entrem mais facilmente, aumentando sua eficácia de forma significativa. Exatamente por este motivo devemos ter muito cuidado com os produtos utilizados durante ou após o procedimento, pois nem todos são indicados para camadas mais profundas da epiderme. Quando isso acontece, problemas podem ocorrer.

Esteticista pode realizar?

Esteticista pode realizar procedimentos não-invasivos, ou seja, não pode chegar à derme, ter sangramento. Este é para profissionais habilitados em procedimentos invasivos. Devemos respeitar nosso limite de atuação.

Quais as indicações?

São muitas as indicações para uso da TMA, principalmente como potencializador de tratamentos, pois dependerá dos produtos (ativos) utilizados.  Sendo assim, pode-se utilizar para melasmas, flacidez tissular, cicatrizes de acne e estrias (não para indução de colágeno por processo inflamatório e sim, por ativos regeneradores, por exemplo), celulite, gordura localizada, queda de cabelo, etc.

Quais as vantagens?

Dentre as vantagens do uso da TMA está: o tempo de recuperação, sem lesão permanente, sem hematomas ou edemas.

Quais cuidados devo ter? 

Os principais cuidados são: utilizar somente roller aprovado pela ANVISA; que os rollers devem ser de uso exclusivo (de cada cliente – sem compartilhamentos); que seja realizada a antissepsia correta da região tratada e todos os cuidados com biossegurança; assepsia correta do roller após o uso; descarte adequado e não usar filtro solar logo após o procedimento.

 

Compartilhar
Artigo anteriorAromatização e Marketing Olfativo
Próximo artigoNem tudo entra somente pelos olhos
Letícia Valim é tecnóloga em Estética e Cosmetologia, docente pesquisadora do Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética do Centro Universitário do Senac, membro da diretoria da União Internacional de Profissionais em Estética, diretora técnica da Academia Sulamericana de Intercâmbio Internacional e Revisora Técnica da Editora Cengage Learning.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here