Sua vida: Um importante detalhe que pode fazer a diferença

0
131

Muitos profissionais da saúde tem o sonho de ter seu próprio negócio. Geralmente durante os cursos, palestras e eventos que realizamos pelo Brasil, conseguimos em certo momento convencer os profissionais Fisioterapeutas, Esteticistas, Educadores Físicos e Médicos de que é possível tornar esse sonho uma realidade, e melhor ainda, com segurança. Seja um consultório, uma clínica, um spa ou um estúdio de pilates, assim como outras tantas possibilidades, através da confecção de um bom Plano de Negócio diminui-se os riscos e, consequentemente, a possibilidade de fracasso. Em seguida, faço a grande pergunta: Vamos tocar o projeto e abrir esse empreendimento?  Nesta hora surge uma empolgação e a maioria responde que sim. Mas para contrariar e controlar essa energia, jogo um grande balde de água bem gelada em forma de: NÃO! Nossa! Aí que surge uma grande dúvida por parte de nossos profissionais e imagino que fiquem pensando: “Qual é a desse cara, primeiro ele diz que é possível, prova com números, demonstra que se fizermos um plano de negócio, os riscos envolvidos diminuem consideravelmente e, agora, quando queremos colocar em prática o projeto que há tempos sonhamos e idealizamos para as nossas vidas ele diz que NÃO?”.

Mas muita calma pessoal! Logo em seguida pergunto para esses alunos questões tão importantes quanto os itens de um plano de negócio e que geralmente passam em branco. Como vai a sua vida? Como está sua relação com o banco, seu cheque especial, cartão de crédito? Como anda a gestão do seu tempo? Sua relação em casa? Seus momentos de lazer? Sua saúde?

Sabe por quê? Se vocês não conseguem administrar a própria vida, jamais poderão administrar um negócio, mesmo que pequeno. Afirmo isso, pois já tive a oportunidade de realizar consultorias em que tudo estava aparentemente bem. Existia um bom empreendedor com boas competências gerenciais, disponibilizando serviços de qualidade baseados em um plano de negócio bem realizado e, apesar de tudo, o empreendimento não avançava. Aparentemente inexplicável! Portanto, após muito investigar, identificamos o problema que estava onde menos esperávamos… Na vida do dono. Ou seja, a vida desregrada e mal administrada do dono estava impedindo que o negócio se desenvolvesse. Após este diagnóstico, aplicamos alguns conceitos de desenvolvimento e gestão pessoal e após alguns meses o empreendimento deslanchou.

Baseando-me nesta real história, reafirmo que qualquer pessoa pode obter sucesso num empreendimento na área da saúde, mas lembrem-se, antes de se propor a administrar um negócio, aprenda primeiro a administrar a sua vida!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here