Síndrome da Desarmonia Corporal

0
1048

Existe um conjunto de alterações que afetam a estética corporal, que chamamos de Síndrome de Desarmonia Corporal. Se caracteriza pela presença da gordura localizada, celulite e flacidez da pele, tudo junto e misturado.
Vamos entender cada uma destas alterações de forma separada…
A gordura localizada deve ser entendida como um aumento regional da camada de gordura em pessoas com o peso dentro de valores considerados normais.

marcia consulin

A celulite  é um distúrbio metabólico localizado do tecido subcutâneo que provoca alterações no contorno corporal feminino, como por exemplo, irregularidades do relevo cutâneo.

marcia consulin 2

flacidez da pele é um dos grandes problemas causados pelo chamado efeito sanfona (engorda-emagrece). Com o passar dos anos também pode aparecer pela ptose (queda) fisiológica das estruturas subcutâneas, tornando a pele distendida e permanentemente com lassidão e pregas.

marcia consulin 3

A oferta de procedimentos não invasivos, seguros, confortáveis e principalmente eficazes em um curto espaço de tempo, isto é, pra ontem! É uma forte tendência atual na estética. É fato que muitas pessoas não desejam se submeter aos riscos dos procedimentos cirúrgicos e aos extenuantes cuidados pós operatórios.

Recentemente surgiu às mãos dos profissionais, uma nova tecnologia sonidoterápica (som) à serviço da estética, para o tratamento loco regional de todas as alterações estéticas ao mesmo tempo:  o ultrassom focalizado de alta intensidade (HIFU).

marcia consulin 4

O HIFU apresenta um transdutor côncavo, fazendo com que o feixe de ultrassom seja emitido no formato de um cone, com concentração de energia  em um determinado ponto focal.
O HIFU permite que o profissional determine qual será a profundidade do ponto focal pela escolha da profundidade de trabalho, que pode ser em milímetros para o tratamento da flacidez tissular ou em centímetros, para o tratamento da celulite e da gordura localizada.
As oscilações produzidas pelo HIFU, formam  micro bolhas de ar no interior dos tecidos que ao se implodirem, afetam a estrutura da célula de gordura, causando o seu colapso.
A alta intensidade energética no ponto focal, eleva a temperatura acima 60oC. O colágeno é desnaturado, resultando no estimulo à formação de um novo colágeno.
Após o tratamento com o HIFU, as células de defesa, fagocitam e transportam os restos celulares para longe da área do tratamento de forma natural.
Estas alterações ocorrem sem aumentos nos lipídios plasmáticos (colesterol), tornando o procedimento efetivo em resultado e seguro para a saúde.

Referências

FRIEDMANN, Daniel P. A Review of the Aesthetic Treatment of Abdominal Subcutaneous Adipose Tissue: Background, Implications, and Therapeutic Options. Dermatologic Surgery, v. 41, n. 1, p. 18-34, 2015.
KENNEDY, J. et al. Non‐invasive subcutaneous fat reduction: a review.Journal of the European Academy of Dermatology and Venereology, 2015.
MACGREGOR, Jennifer L.; TANZI, Elizabeth L. Microfocused ultrasound for skin tightening. Semin Cutan Med Surg, v. 32, n. 1, p. 18-25, 2013.

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here