Quer emagrecer?

0
67

Pensando na dificuldade em que muitas pessoas enfrentam na hora de seguir dietas e rotina de exercícios físicos para emagrecer, um grupo de pesquisadores decidiu testar um método que transformasse em tarefa mais simples o processo de perda de peso sem comprometer a saúde ou resultar no efeito sanfona.

No estudo, os pesquisadores recrutaram 240 adultos com síndrome metabólica, uma combinação de condições de saúde que aumentam o risco de doença cardíaca e umíndice de massa corporal na faixa de obesos. Destes, 119 foram convidados a seguir as orientações dietéticas da American Heart Association, uma organização norte-americana sem fins lucrativos que providencia cuidados cardíacos à população.

O regime consistia em adotar hábitos alimentares saudáveis ​​e sustentáveis ​​que promovem o bom funcionamento do coração. Algumas das regras eram comer muitas frutas e legumes, apostar em produtos lácteos sem gordura, minimizar o consumo de gorduras parcialmente hidrogenadas e alimentos e bebidas açucarados. Além disso, preferir alimentos preparados com pouco sal e evitar a ingestão de álcool.

Enquanto isso, os demais 121 participantes deveriam seguir uma única simples: comer mais fibras, pelo menos, 30 gramas por dia. Após 12 meses, os voluntários se pesaram e o resultado foi surpreendente. As pessoas do primeiro grupo, que seguiram uma dieta mais rigorosa, perderam cerca de 2 kg cada. No segundo grupo, que apostou nas fibras, cada pessoa eliminou aproximadamente 1,3 kg.

Embora a dieta do primeiro grupo tenha apresentado um resultado numericamente mais atraente, ela exigia um esforço maior dos participantes, cortando alimentos e restringindo o cardápio, enquanto o segundo grupo conquistou resultado não tão inferior, se considerado o fato de que, em vez de comer menos, passaram a ingerir mais fibras

De acordo com os pesquisadores, a dieta rica em fibras pode ter funcionado porque as pessoas trocaram alimentos menos saudáveis por comida com alto teor de fibra, que, além de tudo, gerava maior saciedade. Os estudiosos admitem que abordagem é simplificada, mas que o resultado pode ser encarado como uma “alternativa razoável” por quem luta para emagrecer.

Fonte: Bolsa de Mulher

Fonte foto destaque: http://bit.ly/1JlJwGI

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here