Qual é o seu Diferencial?

0
3329

O mercado da estética está a cada dia mais competitivo e dinâmico, estreitando os espaços para as inovações e sendo impiedoso aos erros de estratégias falhas. O consumidor se tornou muito sofisticado e, consequentemente exigente de melhores práticas, sem dar espaço para negociar ética, responsabilidade, honestidade e comprometimento. Esses conceitos são mandatórios e aquele que não os pratica será fatalmente eliminado pela concorrência.

Com a concorrência em constante mutação e desenvolvendo serviços em alta performance fica difícil falar em inovação, mas é preciso ir além do convencional!

Qual é o seu Diferencial?

Desenvolver confiança, fidelidade, resolver problemas, demonstrar motivação pessoal, estar sempre alerta, ampliar conhecimentos e habilidades técnicas, conservar energia, manter profissionalismo, organizar atividades de trabalho, entender a empresa e o setor é algo essencial para agregar o valor de sua empresa.

Um grande diferencial para a sua empresa é estar atento às novidades e tendências, investindo em produtos e serviços inovadores, valorizando suas idéias e iniciativas, pela capacidade de oferecer um tratamento original, prático e de resultado.

Ter um diferencial não significa apenas ser criativo, o profissional deve investir em adquirir conhecimentos, estudar e estar preparado para acompanhar a metamorfose dos tratamentos estéticos, permanecendo conectado às inovações antes mesmo que estejam disponíveis no mercado.

Ter diferencial é, muitas vezes, executar antecipadamente uma prática inovadora já existente. Vejam, o tratamento inovador não foi desenvolvido pelo empreendedor estético, mas é ele quem vai acreditar no seu sucesso, vendê-lo e torná-lo um diferencial em seu negócio. Neste caso o diferencial é encontrar o time correto de executar uma determinada prática, tornando-a inovadora em seu seguimento.

Além de executar, é preciso monitorar constantemente as propostas de diferenciação de sua empresa, se estão sendo adequadamente praticadas e percebidas por seus clientes. Pois de nada adianta, a sua empresa ter diversos diferenciais e seu cliente não os perceber. Para isso é essencial o desenvolvimento de um planejamento de estratégias de ajuste, que definirá o caminho adequado a curto e  longo prazo organizando melhor suas idéias e objetivos.

O empreendedor não pode confundir diferencial com apelo negocial, como é o caso de promoções, liquidações e preços baixos. Preço baixo por si só não é um diferencial no seguimento da estética e, nunca será. Muito cuidado com essa estratégia. O consumidor irá analisar se o profissional é confiável e qualificado, se o ambiente é agradável, se a localização do estabelecimento é conveniente, se o serviço é de a qualidade, ágil e apresenta resultado. A maioria dos consumidores estão dispostos a pagar para poupar seus desgastes físico, emocional e de tempo. O cliente que busca o preço baixo não é fiel, não traz retorno financeiro e não dissemina o principal valor que você investiu para agregar ao seu negócio e, sob este prisma, é até preferível que este nicho de clientes procure a concorrência.

O ideal mesmo é conciliar a qualidade, a inovação, a agilidade, o lucro da empresa e o preço justo ao cliente, sempre fazendo com que o consumidor perceba tudo que agrega o seu pagamento, ou melhor, seu investimento em si.

Dessa forma, é importante que o empreendedor quebre certos paradigmas com preços baixos e aumente o valor percebido. A diferenciação é aquela atitude que dificilmente é encontrada no mercado, que agregará valor ao seu serviço e produto de forma criativa e de maneira que a concorrência não alcance facilmente. Se tivéssemos que resumir essa “atitude” em poucos conceitos, fatalmente encontraríamos a Coragem, a Percepção e a Dedicação como indexadores.

E você, já sabe qual será o diferencial de sua empresa?

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here