Poluição pode acelerar o envelhecimento da pele

0
185

agua-micelar2Não bastava o excesso de sol, um outro vilão surge no horizonte quando se fala em envelhecimento precoce da pele: a poluição. Um dos fenômenos da vida urbana, a má qualidade do ar tem sido apontada por especialistas como mais um fator responsável por gerar sinais indejados no rosto e nas mãos, além de rugas.

— O sol é sempre o primeiro fator do envelhecimento precoce, mas há outros também, como estresse e alimentação. Nos últimos anos, estudos aqui no Brasil e lá fora comprovam a participação da poluição neste processo — explica a dermatologista Christiane Gonzaga, que cita os efeitos de poluentes liberados por automóveis como um dos culpados. Isso porque, combinados com a radiação, essas substâncias são capazes de afetar a pele, causando a perda de vitaminas C e E.

— O mecanismo de ação (da poluição na pele) é o ozônio. Não aquele da camada, mas o que é gerado na atmosfera, no contato dos poluentes com a radição solar. Isso é capaz de desencadear um estresse oxidativo na pele, gerando o envelhecimento — detalha a médica.

Os efeitos deste envelhecimento podem surgir de várias formas: da perda de elasticidade e firmeza, ao ressecamento e piora da textura da pele, passando pelo aparecimento de manchas, rugas e linhas.

— Às vezes não há uma percepção tão clara (de como a poluição afeta) — explica a dermatologista Juliana Neiva. — Dependendo do nível da poluição de onde você mora, pode ficar com uns cravinhos mais pretos, pele mais opaca ou com tendência a ressecamento ou oleosidade.

Mas há solução para tudo: produtos com ativos antioxidantes na fórmula, além de alimentos ricos em vitaminas A, C e E ajudam a combater o estrago. De olho no negócio, já há mesmo marcas que oferecem cremes especialmente voltados para combater a poluição.

— Além disso, é fundamental limpar bem a pele sempre ao chegar em casa para retirar todas as impurezas que se acumulam na superfície e que podem entupir os poros, aumentar a oleosidade e causar acne — observa a dermatologista Paula Belotti, que ainda cita alimentos antioxidantes, como uvas, frutas cítricas, folhas verde escuras, tomate e frutas vermelhas como ótimos aliados no dia a dia.

Para quem achar que é o caso de partir para um tratamento, vale ir a um consultório médico e procurar por peelings e lasers.

Fonte: O Globo

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here