Peelings de Verão

0
526

Vermelhidão, descamação da pele, impedimento da exposição ao sol, longos períodos de cicatrização e recuperação. O que muitas pessoas não sabem é que existem peelings que ajudam e muito na nutrição e rejuvenescimento da pele.

Principalmente, quando estamos em fevereiro, nossa pele está sofrendo e acumulando diariamente as agressões de sol, mar, piscina e poluição. Quem passa o inverno todo se cuidando aposta nessa estratégia que se chama peeling enzimático!! Ele hidrata a superfície cutânea, estimulando a síntese de colágeno.

Tem como principal função reduzir a camada de queratina na pele, deixando-a com aspecto mais viçoso, com mais luminosidade e atenuando os problemas como pequenas linhas de expressão, manchas e ajudando no controle da oleosidade.

As enzimas proteolíticas são aplicadas em formulações tópicas com a finalidade de reduzir a espessura da camada córnea da pele por hidrolisar, em pontos específicos, a queratina cutânea. É um peeling mais suave e seguro, comparado aos tradicionais peelings químicos, e mais eficaz que os métodos físicos comumente usados em formulações cosméticas.

As enzimas frequentemente utilizadas são a papaína (mamão), bromélia (abacaxi) e pumpkin (abóbora).

O segredinho de todo peeling é acertar na avaliação com o paciente e preparar bem a pele antes de começar. A indicação varia de paciente para paciente, eu particularmente gosto de fazer de 15 em 15 dias ou 1 vez ao mês.

Não espere o verão acabar para você cuidar da sua pele!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here