O poder da vitamina C

0
259

Porque escolhemos a vitamina C ?, ativo que se tornou um clássico na estética por sua alta usabilidade, aceitação e efetividade e se estende para a rotina de tratamento home care de nossos clientes, há muitos anos presente no dia a dia do profissional e nunca deixamos que essa necessidade caia em desuso, ou deixe de ser fundamental para que possamos alcançar a efetividade adequada, já que essa vitamina é tão necessária, encontramos uma variedade de produtos, fórmulas cosméticas e protocolos que envolvem o AA (ácido ascórbico). E não é a toa, a vitamina c é realmente um ativo especial.

Desde os nossos primeiros meses de vida somos condicionados a entender os benefícios da vitamina C, o médico quando libera bebê para ingerir o “suquinho” a mamãe vai logo providenciando o suco de laranja, ao longo da vida, o suco de laranja passa a ser parte do cotidiano de muitos de nós, isso porque é sabido que a vitamina C é fundamental para aumentar a nossa imunidade, o que a torna um nutriente altamente necessário e nos deixar mais resistentes a algumas patologias. A laranja (100gr equivale a 99% VD) é muito conhecida por ser rica em vitamina C, mas não é a única com esse benefício, inclusive existem outras frutas com essa característica, como é o caso da acerola (100g equivale a 2796% VD) com alto percentual de vitamina C, muitas vezes é fonte extração para ativos cosméticos. A manga (100gr equivale a 46% VD),o abacaxi (100gr equivale a 80%VD), o morango (100gr equivale a 98%VD), o mamão ( 100gr equivale a 103%VD), o kiwi (100gr equivale a 155%VD), a goiaba (100gr equivale a 381%VD).

E porque a necessidade de ingestão da vitamina c, passou a ser tão necessária para a saúde e beleza? Ela participa de vários processos em nosso organismo que nos favorece, com o aumento da imunidade da pele, redução do envelhecimento precoce, combate radicais livres, clareia a pele e reduz linhas e rugas de expressão ou seja, ela precisa estar disponível em nosso organismo, mas não é sintetizada pelo ser humano, então a grande necessidade de reposição, fez com que tivéssemos a demanda de uso de suplementos, e tratamentos estéticos a base de ácido ascórbico, o melhor de tudo isso é que o seu uso tópico e reproduz os mesmo benefícios para a pele, se tivéssemos ingerindo a vitamina C, a pele reage bem ao uso dos cosméticos a base de vitamina C.

Anteriormente esse ativo apresentava menor estabilidade em formulações cosméticas o que dificultava o desenvolvimento de produtos realmente efetivos. Seu contato com o oxigênio e com a luz, favorecia a oxidação e o ativo perdia sua efetividade. Mas como o mercado de dermocosméticos está em constante inovação, e muitos estudos que comprovam a efetividade da vitamina foram publicados, atualmente existem várias formas seguras, efetivas, e estabilizadas para utilização em fórmulas cosméticas. Inicialmente utilizávamos a vitamina C em lipossomas, uma forma de facilitar a permeação do ativo, uma vez que as esferas lipossomadas tem grande afinidade pela camada lipídica da membrana celular, e de certa forma consegue conferir maior estabilidade ao ativo, mas ainda não foi o suficiente, então surgiram as nanocápsulas de vitamina C que protegem o ativo da luz e do oxigênio, favorecem a permeação do ativo de forma altamente efetiva atingindo com facilidade as camadas mais profundas da pele, as nanocapsulas são tão pequenas que permeiam de forma intercelular sem muito impedimento, é uma das melhores formas de permeação e se encaixam muito bem para a vitamina C, permitindo o uso do ativo em grandes concentrações, já que não atrapalham o sensorial dos produtos. Ainda temo a vitamina C estabilizada, onde temos uma modificação na estrutura molecular da vitamina C deixando a protegida dos agressores externos e facilmente permeável, uma forma muito moderna de utilização que também favorece sensorial leve aos produtos, não aumentando a oleosidade da pele. Podemos também utilizá-la em sua forma pura com proteção física, um tipo de película que protege o ativo do meio externo, esse deve ser preparado e aplicado imediatamente na pele, vitamina C pura, como um peeling de ácido ascórbico (AA).

Para o profissional da estética foi ficando cada vez mais fácil trabalhar com o ativo, já que seus benefícios são universalmente conhecidos, os clientes aderem facilmente ao tratamento e se tornam fiéis uma vez que os benefícios são notados desde os primeiros dias do tratamento, os protocolos que contém vitamina C se tornaram “ best sellers” no portifólio de tratamentos oferecidos pelas clínicas de estética, movimentando financeiramente esse mercado.

Os tratamentos mais efetivos trabalham com associações de vitamina C nas suas diferentes apresentações, combinadas a outros ativos que favorecem os seus benefícios, como é o caso do retinol. ácido ferúlico e outros. A mais recente e efetiva combinação se dá em combinar 3 tipos de vitamina C a uma tecnologia a base de ácido trihidroxibenzóico glucósico, derivado do ácido gálico que é ativado pela microbiota da pele se tornando altamente efetivo, quando já está permeando por entre as células, essa tecnologia é capaz de ativar a vitamina C em até 20 vezes além de estimular a uniformização da pele atuando em 8 alvos biológicos, como redução de ROS, redução de danos ao DNA, interferência em agressão celular, e no MITF e reduz a expressão de tirosinase, também favorece a redução dos óstios dilatados, reduz a expressão de PGE2 e satura os receptores dos queratinócitos para reduzir o acúmulo de melanina nas células epidérmicas. Então o clareamento notado é muito maior e prolongado, a saúde da pele é nitidamente percebida e esses benefícios são fundamentais a todos, uma vez que pele uniformizada é considerado um desejo mundial.

O tratamento pode ser feito semanalmente, pois combina ácidos que mantém o afinamento da pele, até para facilitar ainda mais a permeação dos ativos e favorecer a reprodução imediata de resultados. O número de sessões a ser realizada depende da necessidade da pele, e pode variar de 5 a 10 aplicações, e para um efeito “fast” podem ser realizadas sessões avulsas com resultados encantadores.

O tratamento home care é fundamental uma vez sabemos a necessidade de suplementar essa vitamina não produzida pelo organismo humano. Sendo assim, contamos com o uso de sabonetes a base de vitamina C que geralmente contém extrato de acerola, devem ser aplicados e devem permanecer pelo 1 ou 2 minutos agindo na pele antes de remover, para melhor aproveitamento do ativo, pelo alto percentual da vitamina, e os tônicos que além de conter o extrato de acerola pode conter combinações de ativos, já que esses permanecem na pele e não devem ser removidos, uma combinação moderna e efetiva é com o G.P.S (Global Protection Skin) um ativo que protege a pele contra alterações climáticas, o que também colabora para a redução das manchas uma vez que algumas pele sofrem hiperatividade do melanócito pelo aquecimento e não somente por exposição aos raios UVA e UVB, depois desse preparo a indicação são os produtos de tratamento, podem ser em gel, em creme em mousse, podem ser preparatórios para maquiagem “primer” e até produtos de tratamento para área dos olhos.

As concentrações também variam muito, 10%, 20%, 30%. E ai qual indicar? Para encontrar essa resposta, é preciso avaliar muito bem a pele, como já foi dito, a vitamina C é indicada para todos, evite as peles sensíveis, sensibilizadas, gestantes e lactantes caso contenha associação com ácidos. Mas na avaliação podemos notar outros pontos, para peles oleosas indique produtos a base de gel, pois são de fácil permeação e não deixam a pele oleosa, já os produtos em base gel creme, se adequam melhor para peles mistas e oleosas, e os produtos em mousse para todos os tipos de pele. Para iniciantes o mais recomendado é utilizar os percentuais mais baixos e ir adaptando a pele gradativamente até passar a utilizar a vitamina C em altas concentrações diariamente, mas se for uma pele com melasma, é necessário um tratamento intensivo então o uso da vitamina C em altas concentrações é sempre bem-vindo. Os produtos para área dos olhos e os preparadores para maquiagem com vitamina C na formulação podem ser utilizados diariamente em todos os tipos de pele uma vez que contém a vitamina C em concentrações baixas adequadas.
Com tantas opções, inovações e estudos em cima desse ativo podemos deixar claro que a vitamina C é realmente um ativo poderoso e exerce seu papel de forma precisa. O poder da vitamina C é claro e essencial a todos.

Referências:
1- BAUMANN, L. Dermatologia cosmética – princípios e prática. 1. ed. Rio de Janeiro: Revinter,
2- 2 ANVISA. Utilização de vitamina C em produtos cosméticos. Parecer técnico n.3, 28 jun. 2004. Disponível em: http://www.anvisa.gov.br/cosmeticos/informa/parecer_vitamina.htm
3- GONÇALVES, S. M. F. Vitamina C na cosmecêutica – Revista Racine. 64.ed. São Paulo: RCN, 2001.
4- CAYE, M.T.; RODRIGUES, S. Utilização da vitamina C nas alterações estéticas do envelhecimento cutâneo. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Tecnologia em Cosmetologia e Estética) – Universidade do Vale do Itajaí, Santa Catarina, 2008.
5- Pinnell SR, Yang H, Omar M, et al. Topical L-ascorbic acid: percutaneous absorption studies. Dermatol Surg,2001.
6- MAIO, M. Tratado de medicina estética. 2.ed. São Paulo: Roca, 2011
7- SCOTTI, L. et al. Modelagem molecular aplicada ao desenvolvimento de moléculas com atividade antioxidante visando ao uso cosmético. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, São Paulo, v.43, n.2, 2007.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here