Não fale mal de uma cliente para outra

0
318

Estou celebrando esse momento com as primeiras palavras que escrevo para o portal da revista Negócio Estética e é com muita honra que venho aqui dividir um conteúdo que nos ajuda a refletir e alcançar o sucesso profissional.

Sou coach de relacionamento, ajudo minha cliente a atrair o cliente ideal e ser mais feliz na vida profissional. Essa é a minha intenção.

Então, pensando nisso, resolvi trazer a cada mês um ponto importante (ou mais) para você se relacionar melhor com a sua cliente. Eu acredito que, devagar, com pequenos passos, conseguimos ir muito mais longe do que correndo e fazendo tudo às pressas.

Não fale mal de uma cliente para outra parece óbvio e simples, mas como ainda vejo muito isso acontecer, quero te explicar como nosso cérebro funciona e o que você perde ao falar de uma cliente para outra.

Como seres humanos, temos a capacidade de nos colocar no lugar do outro, principalmente quando não estamos pensando muito. Por exemplo, quando assistimos um filme de terror e ficamos com medo, sabemos que não é com a gente, mas mesmo assim nosso corpo sofre, nosso coração se abala. Uma comédia então, nem preciso falar. Quando começamos a rir, esquecemos de tudo e embarcamos naquelas histórias que provocam a graça. Aliás, lembro-me bem de uma parte importante na comédia – rimos daquilo que acontece com o outro, mas que poderia ter sido conosco. Essa é a graça – a empatia.

Voltando às clientes. Todas as clientes que entram no seu local de trabalho, sabem que você se relaciona com dezenas ou centenas de outras clientes. Ela, mesmo se for sua amiga, sabe de forma inconsciente (ou muitas vezes consciente) que tudo que você faz ou conversa com ela, é também reproduzido com as outras clientes que não estão ali quando ela está. Então, se você falar mal de alguém para ela, ou mesmo se você falar bem ou muito de alguém para ela, isso estará interferindo no seu relacionamento profissional.

Se quiser falar mal das clientes, porque somos todos humanos e precisamos desabafar, procure um amigo de confiança ou um outro profissional que vai entender os seus sentimentos. NÃO use as suas clientes como escape, porque isso te distancia dela.

Existe um “piloto automático” dentro de nós e quando percebemos, já estamos fazendo algo que nem queremos. Pensando nisso, se é hábito seu falar de uma cliente para outra, coloque na parede sinais para você se lembrar que vai tentar fazer diferente, ou morda a língua sempre que necessário.

Se procura um relacionamento de sucesso, precisa entender que você, como profissional, dá o tom desse relacionamento, com a qualidade do que você conversa com suas clientes. Procure se informar do que está acontecendo, ser positiva nas palavras e, principalmente, se colocar no lugar da cliente que está ouvindo, porque fazendo assim vai conseguir perceber se está agradando ou não.

Nada pior do que estar com alguém que fala demais, principalmente quando queremos ficar quietos.

Um relacionamento saudável vem primeiramente com o nível de diálogo, com a qualidade dos assuntos.

Qual é o assunto que você mais fala com suas clientes quando não está falando dos seus serviços?

Vou adorar receber comentários e sugestões para os próximos artigos. Sinta-se à vontade para entrar em contato comigo. falecom@miriakutcher.com.br

Fonte da foto: http://bit.ly/1ORlych

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here