Mãos: detalhes que fazem a diferença

0
161




O mercado dos produtos de beleza não deixa dúvidas: cremes e tratamentos antiaging movimentam milhares de reais por ano. Isso só mostra que esta é uma preocupação que atinge a todas nós. Mas de nada adianta concentrar os esforços só nas linhas que aparecem ao redor dos olhos e na testa, pois as nossas mãos também podem denunciar a idade.

As mãos são “sobrecarregadas”: fatores como o contato frequente com a água, com produtos de limpeza e a exposição frequente aos raios solares, fazem com que as mãos precisem de cuidados diários. A pele das mãos é mais fina e possui menos glândulas sebáceas, colágeno e elastina do que a pele do restante do corpo, se tornando mais frágil, de maneira que os sinais não demoram a aparecer.

Além do aparecimento de rugas e de manchas, com o tempo, as mãos também podem apresentar uma perda de densidade do tecido subcutâneo, inerente à idade, deixando à mostra os ossos e vasos sanguíneos.

A não ser que as luvas voltem à moda, não tem como esconder as mãos! É preciso cuidar, principalmente para prevenir as agressões do dia a dia.

 Opções não faltam 
Como profissional de beleza, você sabe que um bom creme de mãos pode prevenir o ressecamento e possíveis irritações da pele das mãos ao regenerar a barreira hidrolipídica, sempre ameaçada pelas lavagens frequentes. Ativos antiaging trazem para as mãos os mesmos benefícios que os cremes para o rosto. E para completar, ainda é preciso proteger as mãos da exposição solar. Mesmo quando usamos casaco e blusas de manga comprida, as mãos ficam expostas ao sol.

Mas saber disso tudo não quer dizer que você aplique o creme regularmente nas suas próprias mãos e nem que recomende às suas clientes o uso de um filtro solar com a mesma ênfase que recomenda o uso do filtro solar facial diariamente…

Dois tipos básicos de cuidados para as mãos 
Mesmo que um hidratante corporal sirva como um creme para as mãos, há uma boa razão para existirem tantos cremes para as mãos disponíveis no mercado. Eles são mais encorpados, mais espessos e contém uma maior quantidade de ativos, para atender às necessidades da pele das mãos. Cremes, loções e hidratantes corporais são mais fluidos porque possuem mais água do que óleo em sua formulação.

Não é preciso usar um hidratante corporal para as mãos, afinal há uma infinidade de marcas de creme para as mãos disponíveis no mercado. Mas podemos dizer que, de uma maneira geral, há dois tipos principais de cuidados com as mãos: os que visam a reparação e os cuidados preventivos.

> Reparação
Um creme reparador deve ser aplicado todas as noites. Como durante a noite não lavamos as mãos e não há a presença da luz solar, é o horário ideal para aplicar cremes com ativos clareadores, como o ácido kójico e ácido mandélico, por exemplo, para atenuar manchas solares. Cremes com retinol ajudam a minimizar rugas, enquanto ativos como os peptídeos, deixam as mãos com uma aparência mais “cheia” e com menos veias aparentes. Para mãos realmente ressecadas e irritadas, procure produtos com ativos hidratantes potentes que ajudem a reconstituição da barreira hidrolipídica da pele, como o ácido hialurônico, dimeticona, ceramidas, óleos derivados de plantas e cremes a base de uréia.

> Prevenção
Filtro solar, filtro solar e filtro solar. Não se canse de repetir e recomendar à sua cliente que aplique um filtro solar todas as manhãs para retardar os efeitos do fotoenvelhecimento. A preferência é por produtos que sejam de amplo espectro e que sejam à prova d’água. O filtro pode ser aplicado por cima do creme hidratante e reaplicado ao longo do dia, especialmente depois de lavar as mãos com sabonete. Dirigir, por exemplo, pode não ser considerado por muitos como uma atividade ao ar livre, mas lembre-se de que as mãos estão expostas…

 Simples, mas eficaz! 
Nem sempre podemos contar com ajuda para as tarefas domésticas e por isso, devemos adotar uma solução simples: luvas de borracha específicas para não deixar que as mãos entrem em contato com detergentes, água sanitária, desinfetantes, álcool e etc. Esses produtos são extremamente agressivos para a pele, podendo causar irritação e desidratação, além de possíveis reações alérgicas. A preferência é para luvas que tenham uma cobertura interna de flanela, de modo a evitar alergias de contato, e a proliferação de fungos e bactérias.

 Em cabine 
Peelings, LED, laser de baixa potência, peeling de cristal ou diamante e endermoterapia: diversos tratamentos utilizados para a pele do rosto também podem ser aplicados no dorso das mãos. Faça uma avaliação cuidadosa e ofereça à sua cliente o protocolo mais adequado, afinal, ninguém quer que as mãos entreguem a idade!

Fonte: www.beautylish.com

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here