Luz Intensa Pulsada e pelos indesejados

0
929

A luz intensa pulsada é a solução para a depilação prolongada. O processo da terapia de redução dos pelo com a luz intensa pulsada já esta difundida e comprovada em quase todo o mundo, processo prático, higiênico, indolor, seguro e progressivo.

Vários estudos nesses últimos 15 anos comprovaram a eficácia e segurança para os procedimentos de depilação prolongada ou definitiva. Simboliza a marca sustentável no avanço das pesquisas científicas representando o moderno conceito clínico no uso de dispositivos para depilação estética com a luz intensa pulsada.

Foto depilação elimina os pelos de forma segura e duradoura

O princípio tecnológico da luz intensa pulsada está baseado na fototermólise seletiva. Quer dizer, o mesmo que aplicação de uma fonte de luz controlada em um tecido, sendo esta luz transformada em energia térmica, esse calor excessivo é conduzido até o folículo com maior grau de pigmento escuro (melanina).

Ou seja, na base do pelo se concentra uma grande quantidade de melanina, resultando assim, numa ação concentrada da luz diretamente no folículo, preservando a epiderme e atuando diretamente na haste alvo, sem causar danos nos tecidos próximos.

A energia combinada com um pulso ritmado não causa aquecimento da pele nem desconforto no uso, pois os tecidos adjacentes , essa pele pode ser refrigerados com compressas frias antes da aplicação da luz intensa pulsada .

O pelo é gerado por uma estrutura chamada folículo piloso. Os pelos tem a capacidade de crescer até certo ponto e podem cair ou serem eliminados espontaneamente. Quando um pelo é eliminado espontaneamente, um novo pelo é gerado pelo próprio folículo piloso. É por esse motivo que quando se faz a depilação por qualquer um dos sistemas convencionais, os pelos crescem novamente, em quantidade, espessura e cor parecidas.

Ciclo de crescimento do pelo

pelo1

O pelo apresenta três fases distintas no ciclo de crescimento:

Fase anágena é aquela relacionada ao crescimento do fio, estão mais próximos do folículo piloso.

Fase catágena corresponde à transição ou intermediaria, entre o crescimento e o repouso do fio.

Fase telógena é o repouso total do folículo.

No caso da fotodepilação , a Melanina presente no pelo escuro, recebe a maior parte da energia ,ou seja um cromóforo, enquanto a pele mais clara do que o pelo tem menos afinidade pela luz, nesse caso recebe menos luz. O pêlo na fase anágena, possui grande quantidade de melanina isso aumenta a captação da energia luminosa dos pelos que transmite ao folículo piloso, e o calor conduzido super aquece e destrói essa base folicular, e assim elimina a possibilidade de geração de um novo pêlo.

Os pelos respondem melhor a depilação quando estão fotos depilados na fase Anágena, nessa fase tem mais proximidade de cor escura no folículo isso favorece a desnaturação da matriz do bulbo folicular.

Cromóforos são estruturas do corpo que possuem afinidade pela cor, por isso que a melanina do pelo é um cromóforo, e a hemoglobina do sangue tem a cor vermelha e também é um cromóforo. Existem diversos equipamentos emissores de luz , capazes de realizar a fototermólise seletiva, cada um com características próprias que o fazem agir sobre um cromóforo. Como por exemplo os feixes de luz que atingem a cor negra, realizam a depilação, e os que atingem a cor vermelha, realizam o tratamento de pequenos vasos e varizes.

A foto depilação tem características de fototermólise seletiva, isso quer dizer que algumas estruturas do corpo captam mais calor e energia do que outras quando submetidas a exposição da luz. À cada aplicação uma parte dos pelos e da capacidade de produção de novos pelos é eliminada. Nas sessões subsequentes, é conseguido um resultado cada vez melhor. Outras características que influenciam nos resultados da fotodepilação são baseadas no tempo de relaxamento da temperatura, ou seja, algumas estruturas recuperam melhor do calor e são preservadas, enquanto outras não recuperam tão bem e são destruídas.

Estas características e outras como tempo do pulso, comprimento da onda e outras complexas propriedades da física óptica é que permitem a fototermólise seletiva, mesmo em peles com cor próxima dos cromóforos, como a pele bronzeada ou negra. Assim é que existem muitos tipos LASERs e também outros tipos de emissores de energia como a LUZ INTENSA PULSADA.

Cada tipo de pele, vai determinar a escolha de determinadas energias e um tipo de equipamento será então utilizado e por isso tem vários comprimentos de onda, a luz é branca, a emissão pode ser modulada por filtros que permitem a transmissão de luz acima de um determinado comprimento de onda, o que vai dar a LUZ INTENSA PULSADA a sua multiplicidade de usos, para a depilação, fotorejuvenescimento, tratamentos de manchas escuras e tratamentos vasos sanguíneos.

pelo 2

Uma solução que visa facilitar o inconveniente de se depilar regularmente. Além de uma pele livre de pelos, existe uma incrível diferença na textura e aparência de sua pele, pois além dos pelos, a luz pulsada atua também oferecendo brilho da pele, sem comprometer os tecidos delicados.

pelo3

Figura 1: Antes da foto depilação | Figura 2: Durante a foto depilação |
Figura 3: Depois de algumas sessões de foto depilação

A luz intensa pulsada pode ser aplicado em pêlos loiros e ruivos, porém o efeito é significativamente reduzido devido à baixa concentração de pigmentos escuro presentes nestes pêlos. Não deve ser utilizado na região próxima aos olhos, pois seu uso pode causar sérios danos a visão pela irradiação da luz e pelos brancos .

Indicações da luz pulsada :

• Diminuir olheiras ,clarear as manchas na pele, eliminar pequenos vasinhos nas pernas; depilação progressiva e foliculites.

O procedimento pode ser realizado a cada 15 dias e traz um pequeno desconforto para quem tem muita sensibilidade térmica. Durante a aplicação da luz pulsada, sente-se uma sensação de queimação ligeira, que passa em menos de 10 segundos. Após o tratamento, é normal que a pele fique avermelhada e inchada, melhora após a aplicação de mascara calmante, importante o uso do filtro de proteção solar diariamente. Após alguns dias, a pele pode apresentar leves descamações.

Riscos da luz pulsada

Numa sessão de luz pulsada, existe o risco de queimadura da pele, se o equipamento estiver mal calibrado ou for mal utilizado. Caso, durante a aplicação da técnica, a sensação de queimação demore mais do que 5 segundos para passar e seja semelhante à sensação de uma queimadura é indicado o uso de compressas frias no local.

Contra-indicações da luz intensa pulsada

Pessoas com a pele bronzeada ou que moram em regiões muito quentes devem evitar fazer uso do tratamento.

Equipamentos de alta tecnologia

A diferença na qualidade dos resultados não está no tamanho nem na beleza dos equipamentos, mas sim na tecnologia. Alguns itens devem ser observados como potencia, área mínima de contato da ponteira e os cuidados na aplicação.

Forma de aplicação segura

Comparados com outras alternativas para a remoção de pelo , o aplicador largo e a contínua aplicação direta permitem tratar grandes áreas como as pernas em menos de 30 minutos, axila buço e virilha em 10 minutos.

Os modernos aparelhos de fotodepilação foram concebidos com segurança na emissão do pulso, a luz é emitida somente quando o aplicador está em contato com a pele. Isso elimina a possibilidade do flash de luz atingir acidentalmente os olhos da esteticista. Usa um nível muito baixo mas eficaz de energia, limite de 6 joules por centímetro quadrado, estes níveis são comparados com os dispositivos de laser para uso doméstico, que costumam utilizar mais de 20 joules de energia.

Cabe ressaltar a importância da certificação e aprovação dos pelos órgãos nacionais competentes , a ANVISA regulamenta e certifica todos equipamentos utilizados para fins estéticos e de beleza, garantindo a procedência e segurança.

Regra geral, as sessões de remoção de pelos com fotodepilação devem ser espaçadas em duas semanas no caso das primeiras três ou quatro sessões. Depois disso, as sessões devem ser feitas se os pelos crescerem novamente, até os resultados desejados serem atingidos.

Cada lâmpada dura aproximadamente 750 a 1000 disparos. A superfície coberta em cada disparo é de 6 cm2, ou seja para cada axila calcula se em média de 4 disparos. Recomendado não arrancar os pelos nesse período, deixe que os pelos caíam por si gradualmente, pode controlar o crescimento com laminas isto pode demorar cerca de 2 semanas após a aplicação.

pelo3
Face feminina antes e depois de 10 sessões

Conclusão

Podemos concluir que a fotodepilação, hoje, é uma das melhores técnicas estéticas de remoção e redução do crescimento de pêlos indesejáveis. O efeito de depilação dura até 5-8 anos, especialmente nas áreas de virilha, axilas e pernas.

Referências

KEDE, Maria P. V. Dermatologia Estética. São Paulo: Atheneu, 2009.
http://www.dermatologia.net/novo/base/fotos.shtml#letrap

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here