Idebenona em tempos de clareamento

0
4310

Vamos falar de uma forma de tratar as manchas da pele através de um despigmentante com uma abordagem muito interessante, com eficiência e mecanismo de ação comprovado, a Idebenona, há mais de 20 anos ela é utilizada devido à sua propriedade antioxidante e recentemente, tem sido usada com sucesso por seu efeito despigmentante.

A Idebenona, [2,3-dimetoxi-5-metil-6-(10-hydroxydecyl) -1,4-benzoquinona], em estudo realizado comprovou que ela inibe a peroxidação lipídica, evento bioquímico resultante da ação dos radicais livres e grande responsável pelo estresse oxidativo podendo levar a morte celular, foi também observado um efeito inibitório da cAMP-fosfodiesterase, enzima que degrada AMP cíclico, esta enzima participa de um processo muito indesejado que é a formação de gordura, deixando claro, que estamos falando de uma forma bem resumida

Idebenona, a parte ativa de sua molécula é bastante similar a Coenzima Q-10 e a hidroquinona como mostra a figura abaixo:

imagem silvana

Fonte: Literatura Galena

A Idebenona é capaz de inibir a síntese de melanina, processo natural da pele que pode resultar na hipercromia, as tão indesejadas manchas.  Sua capacidade de inibir a síntese de melanina é da mesma forma que a hidroquinona, porém de uma maneira não muito agressiva e mais segura. A hidroquinona pode causar irritações, trazendo desconforto pra quem usa e, além disso, não se pode fazer o uso prolongado (máximo 3 meses), pois pode causar manchas brancas que, em muitos casos, são irreversíveis.

Hoje temos, à disposição no mercado, a IDB-Light® que é um agente despigmentante lipossomado, isso significa dizer, uma substância envolvida num sistema que vai sendo liberado de forma gradativa, facilitando a penetração na pele promovendo a eficácia e o mais importante, com segurança e suavidade. Testes in vitro in vivo foram realizados para provar sua eficaz ação despigmentante.

IDB-Light® é um cosmecêutico composto pela idebenona veiculada em Lipossomas PML formando um Delivery System que através dessa nanotecnologia inibe a síntese de melanina e apresenta um perfil de tolerância muito superior e não citotóxica. Podemos dizer então que temos dois tratamentos distintos num único ativo, um despigmentante que não sensibiliza a pele a ponto evitar ardência e vermelhidão, somado a um antioxidante ideal para tratamento antiaging.

IDB-Light® inibe a síntese de melanina, um pigmento endógeno absorvedor de radiação UV. Por isso, é obrigatório o uso concomitante de filtro solar UVA/UVB foto estável durante o dia. No caso de sensibilização por idebenona, IDB-Light® deve ser descontinuada.

Trouxe esse ativo neste momento, pois as manchas ainda são um dos tratamentos mais difíceis de obter resultados e esse artigo é um dos mais antigos em meu blog, de junho de 2012, teve mais de 260 comentários e ainda hoje recebo email de pessoas querendo saber sobre a idebenona e como se livrar de suas hiperpigmentações.

Fontes: – Cosmiatria Galena – www.ncbi.nlm.nih.gov – Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas Brazilian Journal of Pharmaceutical Sciences vol. 37, n. 3  set./dez., 2001

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here