Fotoproteção oral, vamos falar sobre ela?

0
433

Hoje em dia, mais do que nunca, nós estamos muito mais atentos aos cuidados diários com a pele para evitar queimaduras, manchas, envelhecimento precoce e até problemas mais graves, como o câncer de pele, causados pela exposição solar.
Muitos sabem da importância do uso do protetor solar tópico, mesmo em dias nublados. O que poucos sabem, é que a proteção solar pode começar de dentro para fora, com suplementação com fotoprotetores orais, como nutricosméticos e com os próprios alimentos, tornando-se um conjunto de fatores que ajudam o corpo a se proteger das agressões externas a todo momento e em todos os ambientes.
Os nutrientes dos alimentos têm um papel fundamental na fotoproteção e podem minimizar os efeitos da radiação solar, colaborando para a diminuição das reações de oxidação pelos radicais livres produzidos no organismo ou gerados pela radiação ultravioleta do sol.
O betacaroteno, encontrado nos alimentos alaranjados e amarelos, protege a pele e também o DNA, diminuindo as chances de desenvolver câncer de pele e aumentando o bronzeado. Pode ser encontrado na abóbora, mamão, melão, pêssego, cenoura, batata-doce, brócolis e espinafre, por exemplo.
A vitamina E, além de ser antioxidante, tem a função de proteger da degeneração por estimular a proliferação de fibroblastos e a migração de queratinócitos e conservar a vitamina A, que se oxida rapidamente. Encontrada em alimentos como: grãos, cereais, carnes, ovos, produtos lácteos, brócolis, óleos vegetais.
A vitamina C é um antioxidante responsável pela resistência e capacidade elástica da pele, tendo papel na fotoproteção quando a exposição solar atua na desestruturação das fibras colágenas e elásticas. Algumas fontes alimentares: acerola, laranja, goiaba, brócolis, couve, couve-flor.
Já os flavonoides, apresentam atividades antioxidantes, quimioprotetoras, anticarcinogênicas, anti-inflamatórias e pode inibir a síntese de melanina. Alimentos fontes de flavonoides também podem fornecer diminuição do eritema, aumento do fluxo sanguíneo dos tecidos e aumento na hidratação e densidade da pele. Algumas fontes alimentares: chá verde, suco de uva, ameixa, cacau, vinho tinto, maçã, nozes.
Além disso, estudos já revelaram que o uso de probióticos pode ser muito benéfico para a proteção da pele, contribuindo para modular o sistema imunológico cutâneo, preservando a sua homeostase e agindo contra a desidratação e contra os malefícios causados por agentes físicos, químicos e infecciosos.

Receita de smoothie fotoprotetor:
½ copo de suco de uva integral
5 mirtilos congelados
4 morangos orgânicos
2 castanhas dos pará
½ iogurte natural
Bater todos os ingredientes no liquidificador

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here