Em Campo Grande, serviços e produtos de beleza dobram de preço em um ano

0
82

Os consumidores da capital de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, não estão muito satisfeitos. O motivo é a alta meteórica nos preços de serviços estéticos e produtos de beleza em apenas doze meses na cidade. Segundo uma pesquisa da Universidade  Anhanguera Uniderp de Campo Grande, em comparação a 2015, os valores praticamente dobraram, chegando a uma inflação de até 77%.

Além da crise econômica que atinge todo o Brasil, um dos motivos do encarecimento de cortes de cabelo, em que o preço subiu cerca de 30%, e limpezas de pele, por exemplo, foi o aumento do imposto sob supérfulos, concedido pelo governo do Mato Grosso do Sul. Entrou em vigor em janeiro deste ano o aumento das alíquotas do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), e os preços dos produtos voltados a beleza e estética foram os principais afetados. Foram reajustadas as alíquotas sobre cosméticos, perfumes, que passaram de 17% para 20%.

Com as mudanças, até produtos de higiene pessoal tiveram alteração no preço, ainda que pequeno, alguns itens tiveram inflação acima dos 30%. O valor médio de comércio do desodorante tipo roll on, por exemplo, custava R$ 7,50 em 2015, e passou para R$ 9,80. São 30,62% de aumento.

Fonte: Campo Grande News

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here