ELLEMENTTI: Estética de Valor

0
44

Assim como a comunicação e a publicidade tiveram que se reinventar em prol da sobrevivência, encontrar a fórmula do sucesso empresarial em tempos de globalização, digitalização e crescimento das exigentes e diferentes gerações Y e Z, deixou de ser simples. Não bastam apenas produtos e/ou serviços bons, investimento e boa vontade para uma empresa dar certo e decolar – seja ela micro, média ou grande. O mundo mudou e, com ele, as demandas. Por isso mesmo, a Ellementti é uma fonte inesgotável de inspiração corporativa. Atentos aos movimentos sociais globais, seus líderes criaram estratégias campeãs. Tratamentos customizados, produtos que aceitam personalização, aplicação dos moderníssimos conceitos de etnobotânica e corneoterapia, e o título de Indie Brands (marcas independentes que oferecem conceitos, perspectivas e benefícios exclusivos que algumas das grandes marcas ainda não atendem) fazem da empresa um case. Quem nos fala sobre este novo jeito de enxergar a Estética é Fernanda Chauvin, CEO e Diretora Científica da Ellementti, em entrevista exclusiva

ne A Estética é um mercado em desenvolvimento ou já bem resolvido? Por quê?
fernanda chauvin A Estética é um mercado em constante desenvolvimento, e entre os vários fatores que contribuíram para o crescimento do setor, destacamos os inúmeros procedimentos e conceitos lançados constantemente, tornando este segmento muito ativo. Hoje, muitos clientes procuram os centros de estética não somente para terem acesso aos serviços de saúde e beleza, mas sim para vivenciarem boas experiências de bem-estar e relaxamento. Além disso, temos também movimentos favoráveis como a utilização de tecnologia de ponta e melhoria da produtividade como agentes redutores de preços e o próprio aumento da expectativa de vida, gerando maior demanda.

ne E o Brasil em especial? Ainda pode ser visto como uma terra de oportunidades para a beleza em geral?
fc Sim. No Brasil este setor cresce constantemente e deve continuar evoluindo devido a fatores como: o acesso das classes “D” e “E” aos produtos e serviços estéticos (decorrente do aumento da renda); novos integrantes da classe C passaram a consumir produtos de maior valor agregado; a participação crescente da mulher no mercado de trabalho; a busca constante das mulheres por padrões pré-estabelecidos de beleza pela mídia; com a globalização da informação, clínicas estéticas e os profissionais desta área, precisam sempre estar atualizadas em relação aos procedimentos, tratamentos e novos cosméticos do mercado para oferecerem o melhor para a clientela – tudo isso cria novas oportunidades.

ne Nos últimos anos, muitas marcas têm investido na estética. Há uma explicação para isso? 
fc Acredito que o aumento do investimento na Estética seja devido ao aumento no número de clínicas e centros de beleza e saúde, à entrada no setor de outros profissionais como farmacêuticos, biomédicos e dentistas e à regularização da profissão estética

ne O mercado brasileiro – em termos de qualidade e variedade de produtos – já se compara ao europeu? Em que pé estamos?
fc O mercado nacional oferece qualidade e variedade igual ao mercado europeu no que diz respeito aos dermocosméticos.  Hoje temos disponíveis uma série de ativos de última geração e eventos dentro do setor para formuladores que faz com que estejamos sempre atualizados. De acordo com um levantamento realizado pela ABIHPEC – Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos junto com o Instituto FSB Pesquisa, o Brasil cresce em um ritmo constante.

ne E a formação dos nossos profissionais? É alinhada com o que se vê no exterior ou ainda temos muito o que fazer em termos de aprendizado para chegarmos lá?
fc Acredito que com a regularização da profissão Estética ocorra uma uniformização do curriculum dentro das Universidades e Faculdades do território nacional; isso será muito importante para a formação dos profissionais. 

ne Como vocês alcançam o profissional de estética?
fc Usamos canais online e offline, ou seja, nossa comunicação se dá por meio de grandes eventos e feiras, eventos próprios, universidades e mídias sociais.

ne O que a marca pensa do futuro da educação profissional? Como é o canal de conhecimento de vocês? 
fc A regulamentação mudou o cenário da profissão. Antes, muitas pessoas atuavam de forma autônoma. Como a legislação exige o diploma de nível superior, o curso de Estética e Cosmética é fundamental para quem deseja atuar no segmento.  Acreditamos que isto irá modificar o currículo dos cursos e que haverá a necessidade de uma uniformização educacional em todo o território nacional.

ne Qual o atual portfólio de vocês? Qual o produto campeão de vendas?
fc Temos um portfólio com cerca de 150 skus, entre produtos profissionais e home care – incluam-se aí as linhas facial, corporal e de tratamento capilar. Nossos produtos de maior venda são os que fazem parte da linha de microagulhamento e para tratamento do envelhecimento cutâneo.   Além disso, nossa linha de limpeza de pele vem tendo um grande crescimento, pois trabalhamos uma limpeza detoxificante.

ne Quais os valores da empresa?
fc Sem dúvida, nossos valores se prestam à geração de saúde, através do bem-estar com formulações de alta precisão. Precisão. Nossas fórmulas são baseadas em ingredientes ativos inovadores, projetadas para entregar o máximo de resultados e são cuidadosamente combinadas com nossos métodos de tratamentos exclusivos para proporcionar excelentes resultados. Bem-estar. Nossos produtos são formulados para proporcionar uma experiência única, indulgente com exclusividade. Saúde. Nossas formulações e tratamentos são elaborados para gerarem além de efetividade e bem-estar, saúde e melhoria da qualidade de vida dos clientes, restabelecendo o ecossistema e normalizando as funções cutâneas.

ne Vivemos um momento de muita concorrência. O que os diferencia dos outros players do mercado?
fc Para nos diferenciarmos e alcançarmos o consumidor, olhamos para ele como um cliente único. Por isso desenvolvemos tratamentos customizados e produtos que podem ser personalizados. Além disso, nossos produtos têm um posicionamento único que se baseia em três pilares: etnobotânica, sendo o uso de ativos naturais e dosificados, ciência e tecnologia, com formulações altamente tecnológicas e baseadas em estudos científicos .E a corneoterapia, conceito baseado no conhecimento do estrato córneo e no respeito ao ecossistema cutâneo, onde avaliamos o passado, tratamos o presente e planejamos o futuro da  saúde da pele. Estes pilares associados ao conceito da personalização, nos colocam como uma marca Indie Brands no mercado. O termo se aplica a marcas independentes que oferecem conceitos, perspectivas e benefícios exclusivos que algumas das grandes marcas ainda não atendem.

ne O que podemos esperar de novidades para o próximo ano?
fc Conceitos como sustentabilidade, personalização, valor social, tecnologia e transparência passam a ser decisivos na hora da escolha de um tratamento ou produto e acredito que isto será determinante nos lançamentos de 2020. O conceito WELLNESS também vem crescendo: os consumidores buscam tratamentos que, além dos resultados esperados, gerem novas experiências e bem-estar. Isto trará de volta técnicas de massagem associadas a produtos de alta tecnologia.

“Nossos produtos têm um posicionamento único que se baseia em três pilares: etnobotânica, sendo o uso de ativos naturais e dosificados, ciência e tecnologia, com formulações altamente tecnológicas e baseadas em estudos científicos, e a corneoterapia, conceito baseado no conhecimento do estrato córneo e no respeito ao ecossistema cutâneo, onde avaliamos o passado, tratamos o presente e planejamos o futuro da saúde da pele”

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here