Drenagem linfática em cápsula

0
305

Celulite, pernas cansadas, período pré-menstrual, menopausa e obesidade são exemplos de situações e fases da vida das mulheres em que a retenção hídrica ocorre com bastante frequência.

Na estética sabemos que a drenagem linfática manual se bem aplicada por um profissional capacitado, pode trazer benefícios para as imperfeições estéticas e reduzir a retenção hídrica.
A novidade é que hoje temos um ativo no mercado de nutricosméticos que promete a drenagem linfática em cápsulas. O objetivo não é substituir o procedimento estético, mas sim potencializar o tratamento estético com a ingestão oral do Cacti-Nea™, que é obtido do fruto do cacto Opuntia fícus-indica também conhecido como figoda-índia, apresenta uma composição única em vitaminas, minerais, lipídeos, aminoácidos como cisteína e taurina, antioxidantes poderosos como glutationa, flavonóides, entre outros compostos fenólicos e betalaínas.

Estudos comprovam o auxílio da Cacti-Nea™ no controle do peso corporal, através da sua ação diurética e antioxidante (Bisson et al., 2010).
Neste estudo foi administrado oralmente diariamente durante sete dias o CactiNea com a dose de 240 mg / kg / dia em ratos. Um grupo positivo foi tratado oralmente com a hidroclorotiazida para a dose de 10 mg / kg / dia e um grupo de controlo com veículo. Medições diárias do peso do corpo, volume de urina e a concentração de sódio, de potássio e de ácido úrico na urina foram realizadas para cada rato. No final do estudo, o nível de sangue globular de glutationa peroxidase foi determinada. Cacti-Nea aumentou significativamente os volumes de urina excretada por ratos em comparação com o grupo controle e mostrou-se uma tendência para reduzir significativamente o ganho de peso corporal de ratos. Não foram observadas diferenças significativas na concentração urinária de sódio, de potássio e de ácido úrico em comparação com o grupo de controlo. Os efeitos diuréticos crônicas do Cacti-Nea eram comparáveis ​​com o da hidroclorotiazida droga padrão. A administração oral de Cacti-Nea aumentou significativamente os níveis sanguíneos de globulares glutationa peroxidase, em comparação com grupos de controle.

Para potencializar ainda mais sua drenagem manual, procure um nutricionista para prescrever a drenagem em cápsulas.

Além do Cacti-Nea, temos alguns alimentos diuréticos, como: melão, abacaxi, salsão, aipo, chá de cavalinha, chá de hibisco.

RECEITA DE SUCHÁ DE HIBISCO

1 copo de infusão de chá de hibisco (1 xícara de água quente para 1 colher de hibisco desidratado, deixar em infusão por 10 minutos e coar)
1 xícara de morango
1 lasca de gengibre
¼ de beterraba

Bater todos os ingredientes no liquidificador e tomar 1 hora antes da drenagem linfática manual.

Dica: a beterraba aumenta óxido nítrico responsável pela vasodilatação, aumentando assim a diurese e diminuindo o edema.

Referências:

Bisson, J.F.; Daubié, S.; Hidalgo, S.; Guillemet, D.; Linarés, E. Diuretic and Antioxidant Effects of Cacti-Nea®, a Dehydrated Water Extract from Prickly Pear Fruit, in Rats. Phytother Res., Abril, 2010.

 

 

Compartilhar
Artigo anteriorDermaroller
Próximo artigoCuidado com o excesso de cirurgia plástica!
Luisa Wolpe Simas
Luisa Wolpe Simas é nutricionista (CRN 8:3958), especialista em nutrição clínica e Mestre de Medicina Interna e Ciências da Saúde pela UFPR, coordenadora do CIA (Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas), assessora da linha KeepUp® - nutricosméticos Buona Vita, palestrante em diversos eventos de estética e nutrição e técnica em estética facial e corporal.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here