Como minimizar perdas (e até crescer) em tempos críticos

0
214

Como minimizar meu prejuízo durante esses meses? Você já deve ter se perguntado isso.
Estamos vivendo a mesma situação. É uma novidade para todos nós.
É uma situação desafiadora onde todos perderão algo. Todos.
Sendo assim, o que poderíamos fazer para diminuirmos o prejuízo?
Bem, existem algumas ações interessantes que podem e devem ser tomadas se estiverem ao alcance do profissional.
A história nos ensina muito quando analisamos cenários do passado para entendermos o que poderíamos fazer em nossos dias.
Essa não é a primeira pandemia enfrentada no Brasil. Já tivemos a gripe espanhola, por exemplo, no período da primeira guerra mundial. Doença que ceifou 50 milhões de vidas mundo afora.
Assustador mesmo relendo essa notícia hoje.
A varíola também foi um problema grave de saúde pública no século XIX em nosso país.
Entretanto, quando analisamos outras situações ocorridas mais recentemente, embora todas as ações do passado sirvam de aprendizado para a tomada de decisão, passamos a entender alguns pontos em comum entre as empresas que mais obtiveram sucesso em períodos pós-crise.
E esses são os pontos que listarei para analisarmos juntos.
Primeiramente, é importante salientar que 75% de negócios que ficaram estáveis ou até mesmo experimentaram crescimento pós épocas desafiadoras, adotaram a análise de dados confiáveis para fortalecer seu programa de gestão de crise enquanto ela ocorria, mas tendo como o objetivo o fortalecimento da marca para o pós-crise. Mas essas ações seriam tomadas durante a época turbulenta, jamais, depois dela.
Lições para nós.
• Utilizar dados confiáveis – utilize apenas fontes oficiais. Organização Mundial da Saúde, IBGE, Ministério da Saúde, TV e Mídias renomadas, etc.
• Caso não tenha um ERP / CRM (Software de gestão de clínicas), é muito importante fazer isso quando puder. Essas informações são úteis não apenas para sua organização, mas para ter dados confiáveis para possibilitar sua tomada de decisão. Além disso, ter todas as informações disponíveis sobre seus clientes abre possibilidades para novos canais de vendas e relacionamentos como mentorias, grupos de desafios, em alguns casos a telemedicina, etc.
• Crie um grupo para analisar um cenário em conjunto e pensar em saídas possíveis e oportunidades. As grandes empresas criam comitês para analisar e estudar saídas. Normalmente são indicados os profissionais mais experientes e com maior conhecimento técnico. Que tal reunir dois ou três colegas para fazer o mesmo? Isso pode te ajudar a tomar decisões melhores e talvez ver o que não está vendo.
• Quando você decidir algo que precisa ser feito ou o comitê que você estruturou, lembre-se de delegar as atividades de maneira profissional. Nunca passe uma atividade adiante sem se certificar de que você sabe quem será responsável por ela e quando. Utilize uma famosa ferramenta de gestão administrativa conhecida como 5W2H. Em resumo, esta ferramenta te ajuda a colocar tudo no papel e estabelecer responsabilidades e prazos.
• Estruture o trabalhe remoto: Seja como for, organize sua área de trabalho. O pior que pode ser feito nesse momento é não estabelecer uma rotina. O psicólogo alemão Frederick Herzberg fala que o ambiente de trabalho quando muito bem arrumado é neutro. Agora, se desorganizado ele desmotiva e impede o crescimento. Você precisa criar condições para que o trabalho remoto seja feito de maneira adequada. Internet, mesa limpa, equipamentos organizados e tempo de qualidade.
• Invista em áreas que podem atenuar a crise: Este é um dos comportamentos identificados nos negócios que experimentaram crescimento pós-crise. Vamos considerar algumas áreas que você pode investir?
1. Comunicação interna: a comunicação interna também é chamada de endomarketing. Ela é muito utilizada para fortalecer a cultura organizacional e aproximar o colaborador da missão da empresa, visão e seus valores. Crie um tipo de canal de comunicação fluído com seu colaborador. Não deixe as pessoas simplesmente em casa. Dê metas e objetivos de desenvolvimento técnico e comportamental para elas. Muitos cursos de qualidade estão abertos e são gratuitos. Desde a FGV até a UNIVESP, cursos de relevância estão disponíveis. Dê preferência a cursos que tenham certificados. Utilize bem o seu tempo. Essas metas para nossos colaboradores podem até ser bonificadas caso cumpram os requisitos e implementem as soluções.
2. Dica: utilize um único canal de comunicação para gerar mais velocidade. Seja whatsapp, Telegram, Instagram, e-mail, estabeleça um canal único para a comunicação.
3. Comunicação externa: esse é um ótimo momento para solidificar a imagem do seu espaço junto aos seus clientes e a comunidade. Valorize informações que agregam valor a marca como cuidado e bem-estar. Diga o porquê está ali, motive, engaje, seja otimista, coloque frases inspiradoras. As pessoas consomem esse tipo de conteúdo, indicam e gostam. As pessoas gostam de você. Quanto mais tiver a capacidade de ser você mesmo, melhor.
4. Tecnologia: mesmo em épocas desafiadoras, a tecnologia continua sendo vital. Estude como poderia utilizar um equipamento que já possui e de repente criar novos protocolos. Estude novos investimentos e mentalize essas possibilidades.
5. Invista em você: seu desenvolvimento como empreendedor e líder se torna ainda mais vital em dias como os atuais. Valorize seu tempo, estude com profissionais renomados. Não é hora de investir em achismos. Vá na certeza. Verifique a credibilidade, a história, os resultados, não compre gato por lebre. A ciência e o bem-estar andam juntas.
6. Faça recall e fale com seus clientes regularmente. Se for preciso ligue. Não tenha vergonha. Se você não estabelecer contato com sua base de clientes alguém o fará.
A grande verdade que fica é: nós precisaremos de um plano. Se você não tem, precisará criar um. Urgentemente.
Esse plano precisa conter algumas das ações conforme listadas acima. Mas você pode fazer ainda melhor: você pode utilizar essas dicas e criar um plano estratégico conforme sua situação.
Siga as dicas desse artigo, fale com colegas que possam contribuir e fortaleça a sua tomada de decisão.
Jamais se omita. A omissão é uma forma de comunicação.
Se você utilizar as ferramentas que possui, sua habilidade e determinação nesse momento e lançar suas sementes agora, terá algo para colher no futuro. Se esperar correrá o risco de ficar de mãos vazias.
O momento certo é agora.

Grande abraço.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here