Como construir uma carreira de sucesso em estética.

0
95

Dicas e orientações práticas para se tornar uma referência no mercado.

Já se perguntou alguma vez sobre quais seriam os segredos de uma carreira de sucesso no nosso segmento?
Muito provavelmente, sim.
E isso é um bom sinal. Indica que você tem interesse em saber o que os principais nomes do mercado fizeram para chegar onde chegaram. Indica que você deseja saber o que pode fazer para se destacar também.
Embora não exista uma fórmula pronta, algumas características são essenciais para quem deseja alcançar voos mais altos e conquistar o tão sonhado reconhecimento.
Separei alguns pontos para podermos compreender cada item e sua importância nessa jornada.

Resiliência.

Como você se sente quando está muito pressionado? Tem a tendência de voltar a estaca zero ou até mesmo antes dela? Nesse caso, pode ser que você precise treinar sua resiliência.
Em outras palavras, mesmo que sejamos muito pressionados é fundamental voltarmos rapidamente ao nosso equilíbrio.
Sob pressão o ‘sábio agirá como um doido’, escreveu um sábio rei.
Manter o equilíbrio diante das dificuldades fará você chegar a fases do jogo da vida que ainda não chegou porque simplesmente desistiu antes.
A resiliência é uma competência essencial para o profissional contemporâneo. Desenvolva-a.
Não basta ser muito bom tecnicamente. Hoje isso é considerado básico. Você precisará se destacar emocionalmente para poder suportar as incertezas e desafios quando estes surgirem.
É como diz o ditado: depois da tempestade vem a bonança.
Você só verá a calmaria se suportar a tempestade.

Consistência.

Analisando e comparando o comportamento dos grandes nomes do mercado e de outros profissionais, uma característica se torna prioritária nessa jornada e que pode significar a diferença entre sucesso e fracasso: a consistência.
Consistente é alguém que continua em movimento e seguindo seu plano mesmo quando tudo não estiver bem.
E, para falar a verdade, todos nós já passamos por isso.
Sejam por problemas pessoais, profissionais ou de qualquer outra ordem, apenas quem passa pelo desafio sabe exatamente onde e o quanto dói.
Também é verdadeira a informação de que profissionais que não são consistentes sofrem mais para ter uma carreira estável.
E o motivo é simples: se você parar de plantar você irá parar de colher.
Outra coisa essencial aqui é o fato de que profissionais consistentes são mais estáveis. Você sabe o que esperar deles, como reagirão e o que irão fazer.
Não é aquela história de ser uma surpresa todo dia. É difícil trabalhar com pessoas assim.
Se por acaso você perceber que precisa desenvolver mais sua consistência, faça isso o quanto antes.
Quando as pessoas perceberem que você não é levado por qualquer vento ou problema, confiarão mais em você.


Conteúdos (Seja a fonte).

Vivemos em uma época que as informações são criadas e divulgadas num ‘clicar de olhos’.
Isso tem os dois lados.
Muita coisa boa e muito lixo intelectual tem sido divulgado e, pior, compartilhado como se fosse verdade.
O ponto aqui tem a ver com a qualidade da fonte.
Verifique de onde saem as notícias ou os serviços que você deseja contratar.
Para levar o melhor para nossos clientes todas as fontes de notícias, resultados ou expectativas precisam ser claras e objetivas.
Você também poderá fazer algo melhor do que simplesmente replicar matérias, serviços ou coisas parecidas.
E se você fosse a fonte? E se você se dedicasse e estudasse a tal ponto que tanto seus colegas de profissão quanto seus clientes precisassem falar contigo antes de concluir um assunto ou saber se aquela novidade tão falada é realmente assim?
Seria incrível, não acha?
Se você se dedicar e estudar muito para ser essa fonte de conhecimento poderá construir algo que todos desejamos profissionalmente e que facilitaria as coisas para você: autoridade.
A autoridade fará de você uma fonte confiável para aqueles que te acompanham e aumentará seus resultados.
Crie conteúdos de qualidade, relevantes e inspiradores.
Estude, aprofunde e se dedique. Valerá a pena.

Comunicação assertiva.

Uma característica que você como profissional de estética deve desenvolver e jamais abrir mão é a da comunicação.
Mas não é qualquer tipo de comunicação. Estou falando aqui da comunicação assertiva. Aquela objetiva e eficaz.
Se você pensar em grandes profissionais que você admira em qualquer segmento, notará que em sua maioria esses profissionais são excelentes comunicadores.
Alguns exercícios podem ajudar muito profissionais que sejam mais tímidos. Ler em voz alta regularmente, apresentar seus próprios serviços na frente do espelho e até fazer aulas de teatro para aprender a se comunicar melhor e com maior desenvoltura.
A comunicação aproximará o cliente da sua solução. Se tiver dificuldades com a comunicação você sempre dependerá de alguém para vender por você e isso te limitará muito.
Seja como for, decida se tornar ainda melhor.

Networking.

Dito de um modo simples, networking se refere a sua rede de contatos.
A qualidade e não a quantidade dessa rede de contatos é o que mais importa.
Tenho visto muitos profissionais cometerem erros primários no que diz respeito ao networking. O maior deles é pedir um emprego ou entrar em contato com alguém que você passou muito tempo sem dar sinal de vida e já pedir uma indicação.
Se coloque no lugar dessa pessoa. Como você se sentiria?
Aprenda a aquecer sua rede de contatos ANTES de precisar de algo. Se interesse verdadeiramente pelas pessoas. Tenho o hábito de marcar um café sempre que possível. Construa amizades. Isso requer tempo e dedicação.
Não sejamos interesseiros. Apenas construindo relacionamentos melhores e mais profundos você terá melhores indicações.
Lembre-se: do que importa você ter 1000 contatos e não ter 5 pessoas confiáveis que realmente fariam algo por você?
Não se iluda: para termos amigos precisamos ser amigos.

Melhoria contínua.

O famoso ciclo PDCA é uma ferramenta de melhoria contínua. Quando bem empregada ajuda muitas empresas no mundo a melhorarem e qualificarem seus processos.
Trazendo isso para nosso universo, o que podemos aprender?
Você precisa ser hoje melhor do que foi ontem.
Simples assim.
Qualquer coisa longe disso poderá demonstrar um certo comodismo ou acomodação.
Estude bastante, aprenda com os erros, assista grandes eventos, feiras e palestras que tragam para você o conhecimento que busca.

Fuja da nota 7.

Seja um especialista. Aprofunde seu conhecimento em uma determinada área ao ponto de ser reconhecido como uma referência nela.
Quem não se especializa corre o risco de ser um profissional nota 7.
Aquele profissional que vira segunda opção e que não sabe dizer ao certo o que faz.
Quando nos especializamos nos aproximamos de um determinado público e conhecemos melhor suas dores e desafios.
Isso nos ajuda a ser reconhecidos por este público e ser uma fonte de conteúdo confiável para ele.
Lembra que falamos de autoridade também?
Pois é, você só será autoridade quando dominar um determinado assunto.
Certa frase de Mason Cooley diz: “Ser polivalente é ter a capacidade de estragar uma porção de coisas ao mesmo tempo”.
Seja um encanador, um eletricista ou um professor, você e eu procuramos o melhor. Procurar alguém que faz de tudo um pouco é aumentar (ou criar) um problema.
Quer uma dica de amigo? Se especialize em algo que você ama fazer.


Conclusão

Sendo assim, queridos leitores, façamos o nosso máximo para desenvolvermos competências sustentáveis e fugirmos dos modismos.
Quando entendemos perfeitamente o que precisamos fazer e para onde estamos indo, saberemos quais ações precisamos tomar e o aquilo que tem barrado nosso crescimento.
Jamais desista de ser quem você deseja ser por enfrentar alguns problemas e, além disso, fuja absolutamente de pessoas negativas e pessimistas.
Tenho certeza que assim como um belo diamante é lapidado cuidadosamente, também seremos se desejarmos realmente transformar nossas vidas.
Um abraço, jovens.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here