Com a aproximação do inverno, saiba como driblar os problemas respiratórios

0
126

Por Nathalia Alves (Texto – Assessoria de comunicação)

A estação mais fria do ano está se aproximando – o inverno tem início no dia 21 de junho – e com ela a necessidade de atenção redobrada com a saúde. O ar mais seco, provocado pelo período de redução de chuvas e temperaturas mais amenas, facilita o aumento da poluição do ar e a proliferação de vírus, o que, consequentemente, aumentam a frequência das infecções de vias respiratórias.

Normalmente, os problemas respiratórios começam com resfriados, sinusites e, se persistirem as situações adversas, o caso pode se complicar. “Os órgãos do sistema respiratório são revestidos por pelos e por células que produzem muco. O muco capta as impurezas e os pelos varrem essas impurezas do nariz para a garganta, sendo necessária a umidade para um bom funcionamento”, explica o otorrinolaringologista, Dr. Renato Cesar Abissamra.

Durante esse período, a probabilidade de ser afetado por doenças respiratórias aumenta entre 35 e 45% em relação ao verão. De acordo com Dr. Renato, “as crianças e os idosos são os mais susceptíveis por apresentarem menor imunidade”. Completa informando que, como as crianças ficam mais tempo em ambientes fechados, como as escolas, aumenta probabilidade da transmissão dos vírus. Essa situação também se aplica aos adultos, principalmente aos que trabalham em escritórios e ambientes fechados.

Saiba como agir

É importante tomar atitudes que ajudem a melhorar a condição de umidade do nariz. Isso pode ser feito ingerindo pequenas quantidades de água ao longo do dia e aplicando soro caseiro nas narinas. Produtos que ajudam a respirar melhor também são importantes sempre que houver uma situação ambiental adversa, como os fluidificantes e os descongestionantes – estes também são válidos, mas devem ser usados com cautela e por pouco tempo.

E uma dessas opções é a Linha Sinustrat, da Avert, que possui três itens: Sinustrat para resfriados e sinusites, Sinustrat Descongestionante Nasal e Sinustrat Vasoconstritor. A versão Sinustrat para resfriados e sinusites é a fluidificante, que umedece o muco acumulado nas narinas, o que facilita sua eliminação e garante alívio na respiração. Além disso, sua composição favorece a restauração fisiológica da mucosa lesada, muito comum quando estes problemas estão instalados. É indicada para casos de resfriados, rinites e sinusites agudas ou crônicas.

Já o Sinustrat Descongestionante Nasal pode ser utilizado por crianças e adultos. Nas crianças, pode ser aplicado antes das mamadas para facilitar a respiração durante o sono. Também traz benefícios para pessoas que trabalham em ambientes com ar condicionado, realizam longas viagens de avião e ficam expostas a ambientes com muita fumaça e outros poluentes, já que tudo isso pode irritar as narinas e prejudicar a respiração. E o Sinustrat Vasoconstritor tem ação antisséptica e de descongestionante nasal, com ação imediata e efeito prolongado.

O umidificador de ar também contribui para a qualidade da respiração. “O importante é promover uma boa respiração nasal, já que o nariz é muito importante por aquecer, umidificar e filtrar o ar”, destaca Dr. Renato. Caso a pessoa sinta que parou de respirar pelo nariz, perceber problemas de ronco ou dificuldades no sono, deve procurar um especialista. Uma alimentação equilibrada, com ingestão de muito líquido e atividade física regular também contribuem para a qualidade da respiração e para aumentar as defesas do organismo. “A dificuldade respiratória, se não cuidada, pode provocar doenças como sinusite ou bronquite, com incidência de tosse, catarro, chiado no peito”, alerta o especialista.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here