Câncer no couro cabeludo: sim, é possível

0
1556

couro cabeludoSe há uma área que todos deveriam cuidar, mas esquecem de fazê-lo, é o couro cabeludo – que sim, fica exposto aos raios solares e pode até ocasionar um câncer, caso não seja bem cuidado.
“Muitos se lembram de proteger a face, mas se esquecem da proteção do couro cabeludo, o que pode causar câncer de pele [inclusive câncer no couro cabeludo se enquadra como um câncer de pele]. Daí, a importância de proteger também o couro cabeludo dos raios ultravioletas (com o uso de bonés, chapéus e/ou protetor solar)”, revela a Dra. Anaflávia Oliveira, médica e tricologista pela International of Association of Trichologists, que lista: “Os tipos de câncer mais comuns são o carcinoma basocelular, carcinoma espinocelular e o melanoma, que é o que apresenta maiores chances de invasão e não fica restrito somente a pele, podendo causar metástase para outros órgãos como os gânglios linfáticos, pulmões e cerébro”, alerta.
Oliveira enumera também outras doenças que podem afetar a região, sendo mais comuns e portanto, mais simples de tratar. “Eflúvio telógeno (queda capilar difusa por causas hormonais, metabólicas ou nutricionais, dermatite seborreica (caspa) e alopecia androgénica (calvície)”.

Para Sara Bentler Vanzin, Cosmetóloga e gerente de marketing da PharmaSpecial, cuidados especiais fazem toda a diferença. “O couro cabeludo precisa ter os mesmo cuidados que temos com a pele. Por isso, invista em produtos adequados para higiene, hidratação e também proteção da região”, e complementa: “O melhor tratamento para caspa, por exemplo, é utilizar shampoos com substâncias fungicidas, que eliminam o fungo causador da dermatite seborreica. Caso contrário, se o fungo não for bem eliminado do couro cabeludo, os sintomas de coceira permanecem! Dois ativos muito populares em seu tratamento são o COSMACOL ELI e COSMACOL ESI, uma dupla de lipohidroxiácidos que ajudam na eliminação fúngica, além de diminuir significativamente a quantidade e volume da caspa. Já outras lesões como queimaduras provocadas por alisantes, tinturas e progressiva, que dependendo da extensão provocam perda de fios, queimaduras e acúmulo de caspa, podem ser tratadas pelo PHROHAIRIN, um tipo de fator de crescimento encontrado naturalmente no nosso couro cabeludo, e que estimula o crescimento dos fios e repara lesões. Ele é capaz de acelerar em até 4 semanas o surgimento de novos fios de cabelo. De qualquer forma, procure um dermatologista para avaliar o seu caso antes de tudo. Isso é muito importante”, finaliza.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here