Cabelos bonitos através da alimentação saudável

0
104

Todos nós sabemos que existe uma correlação direta entre o que comemos e a nossa saúde. Os alimentos são fonte de energia e a matéria prima para se manter a atividade nosso organismo e produzir os hormônios, enzimas e as proteínas necessárias ao nosso desenvolvimento.

Os cabelos compõem 90% da proteína queratina que contém, na sua estrutura, 18 aminoácidos, 8% de água, lipídeos, pentoses, glicogênio e ácido glutâmico e 2% dos minerais de ferro, cobre, zinco, alumínio e cobalto.

O ressecamento é o primeiro sinal de que os cabelos estão desnutridos, sendo que a perda da umidade dos fios provoca uma diminuição da coesão entre as células, facilitando com que eles se quebrem. Qualquer fator do organismo que reduza a síntese de proteínas repercutirá sobre o crescimento dos cabelos.

Regimes radicais ou estados de desnutrição com falta de proteínas, vitaminas ou óleos essenciais aumentam o número de folículos em fase de repouso, determinando o afinamento, a perda do brilho e a interrupção do crescimento dos fios.

Vitaminas e minerais e alimentos imprescindíveis à saúde dos cabelos:

Ferro: encontrado em alimentos como: carnes vermelhas, miúdos, brócolis, espinafre, lentilha, feijão, a deficiência desse mineral pode causar queda de cabelo.

Zinco: estimula a multiplicação das células, favorecendo no crescimento e fortalecimento dos cabelos. Além de reduzir a oleosidade. Principais fontes: carnes, fígado, gema de ovo, grãos integrais, crustáceos, farelos de trigo, nozes.

Magnésio: é essencial para formação de proteínas que constitui os fios, assim como a queratina. Ele pode ser encontrado na carambola, melão, abacaxi, nozes e frutos do mar.

Potássio: mantém a flexibilidade e a hidratação e está presente nos alimentos como carnes magras, amêndoa, uva e semente de girassol.

Cobre: ajuda no crescimento e age nos pigmentos que dão cor aos fios. Principais fontes: nozes, castanha, legumes, grãos integrais, crustáceos, fígado.

Cálcio: a falta do mineral deixa os fios mais quebradiços e finos, por isso o consumo do leite e seus derivados, sardinha e salmão são tão importantes.

Proteínas: estimulam o crescimento e o fortalecimento dos cabelos. Principais fontes: carnes vermelhas, frango, peixe, ovos, queijo e derivados, grãos.

Vitamina C: antioxidante que contribui para o bom funcionamento das células do fio. Principais fontes: morango, laranja, limão, acerola, tomate e folhas verdes.

Vitamina E: previne o aparecimento dos radicais livres e auxilia na formação de um novo cabelo. Fontes: óleos vegetais, nozes, amendoim, peixes, verduras e gema de ovo.

Ácidos graxos poli-insaturados: os mais conhecidos são o ômega 3 e o ômega 6. Eles hidratam e dão força e brilho aos fios. Suas principais fontes são: linhaça, salmão, atum, sardinha, azeite, nozes, castanhas e óleos de soja, canola e milho.

Além de uma alimentação saudável, balanceada e variada é importante manter-se hidratada e beber de 8 a 10 copos de água por dia. Consulte sempre um nutricionista e tenha uma alimentação saudável, balanceada e, o mais importante, individualizada!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here