Atenção com o prazo de validade dos seus cosméticos e maquiagens

0
618

joyce rodrigues

Você é daquelas loucas por maquiagens e cosméticos? Não resiste a uma novidade na prateleira, uma nova cor de batom, tipos de base, sombras em creme, hidrantes etc? Saiba que é normal e mostra preocupação com a aparência. Mas, cuidado com o prazo de validade de cada produto, pois eles podem apresentar riscos à saúde se forem utilizados de maneira inadequada.

No Brasil e na Europa, a legislação sobre esse tema é diferente. Por aqui, o parâmetro utilizado é a data escrita na embalagem, independentemente se o cosmético ou a maquiagem estão intactos ou não. O prazo é determinado por meio de testes físico-químicos e microbiológicos e, em geral, se estende por três anos.

Por isso, não podemos esquecer nunca: é fundamental respeitar o prazo de validade estabelecido pelo fabricante, que deve estar impresso na embalagem principal, aquela que está bem ao alcance dos olhos. Esta data é a máxima segura para o uso do produto, respeitando-se as regras de conservação.

Um cosmético não se estraga do dia para a noite, isto é, sempre existe um prazo adicional em que ainda se encontrará em boas condições. Mas, vale reforçar que isso dependerá de vários fatores, como composição, fabricação e modo de utilização e armazenamento. Normalmente, o prazo de validade de cada formulação é estabelecido mediante testes de envelhecimento acelerado, quer dizer, colocando-se as amostras do produto em estudo em situações drásticas, como alta e baixa temperatura e insolação.

No caso dos cosméticos é fácil perceber quando a fórmula está instável. Há mudanças visíveis em cor, cheiro, viscosidade – fica mais aguada ou espessa –, ressecamento (algumas podem apresentar até rachaduras) e formação de cristais. Em xampus e sabonetes líquidos, há separação de ingredientes no fundo da embalagem (precipitação) e alisantes e depilatórios podem exalar gases fétidos.

Dicas fundamentais para evitar problemas com os seus produtos:

*Passou o prazo de validade, jogue o produto fora. A validade tem que ser levada a sério, embora exista uma margem de segurança de duas semanas em média. Um cosmético já vencido, seja creme ou maquiagem, não oferece garantia da eficácia dos ingredientes da formulação, o mesmo pode sofrer oxidação, promovendo irritação na pele. Além disso, a ANVISA proibi produtos vencidos dentro do estabelecimento.

*Os produtos que mais oferecem riscos depois de vencidos são os cremes com alfa-hidroxiácidos, pois podem ser muito irritantes para a pele; os hidratantes, em função dos óleos e das manteigas vegetais que se degradam; os protetores solares, que deixam de defender a pele dos raios nocivos do sol; os perfumes, porque as essências oxidadas são sensibilizantes; e os alisantes e depilatórios, que se tornam agressivos e chegam a machucar a epiderme e o couro cabeludo.

*Maquiagens, como pós, bases e batons, por não conterem água, por exemplo, demoram mais a estragar. Mas, o fabricante leva isso em conta na hora de determinar o vencimento e, por isso, o prazo também deve ser respeitado. Quer dizer, mesmo que aquele pó esteja novinho com um aspecto ótimo, jogue-o no lixo. A contaminação recente muitas vezes não altera cor nem odor.

*Batom merece atenção.  Ele entra em contato com os lábios, uma área conhecida como epitélio de transição, sendo muito mais fina e delicada e, por isso, sujeita a agressões.  Maquiagens vencidas em geral ficam ressecados e apresentam alterações na coloração e na homogeneidade.

*O rímel, lápis de olho e delineador, não raro, são contaminados por bactérias. A insistência no uso causa conjuntivites graves e até mesmo úlcera de córnea.

*Se você costuma usar produtos importados, preste atenção: ele indica a validade após a abertura da embalagem.

*Manusear qualquer que seja seu produto cosmético sempre com as mãos limpas e secas, para evitar a contaminação microbiológica cruzada. Bactérias, fungos e leveduras adoram creminhos e podem colocar em risco a sua saúde.

*Manter as embalagens fechadas, dentro dos cartuchos (se existirem), longe da umidade, luz solar e calor. Lembre-se que nos banheiros brasileiros, diferentemente das salas de toalete europeias, o vaso sanitário, chuveiro e armários (onde ficam guardados os cosméticos) ocupam o mesmo espaço, que se constitui num ambiente permanentemente úmido, com grande população microbiana.

* Produtos que tenham Vitamina C, derivados de vitamina A como retinol, o prazo geralmente é de 02 anos devido à instabilidade desses agentes e também pelo prazo estabelecido pelo fabricante da matéria prima.

*Os produtos cosméticos devem ser de uso individual, nunca partilhe seus cremes ou maquiagem com outras pessoas.

Fonte Foto: http://amandamayonline.com/divineimage/wp-content/themes/shopperpress/thumbs/AEG_4861.jpg

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here