A importância da profissionalização nas áreas da saúde e beleza

0
1260

Com o avanço tecnológico da indústria cosmecêutica, o crescimento em números de clínicas de estética e salões de beleza é notável em toda extensão brasileira. O mercado desse seguimento está em constante evolução. Porém, os profissionais, muitas vezes, não possuem formação para atuar como verdadeiros profissionais, o que demonstra certa carência de pessoas realmente qualificadas para executar tais funções nessa área tão cobiçada.

A sociedade cada vez mais informada, têm se mostrado muito crítica em relação à qualidade de serviços prestados pelos nossos profissionais. Por outro lado, o que não falta são instituições que disponibilizam cursos de excelência, para suprir essa necessidade. Cabe ao profissional definir o que realmente quer fazer, para então se aperfeiçoar cada vez mais. Sendo assim, o conhecimento deve ser gradativo e constante.

Outro fator é de que os cursos técnicos estão sendo substituídos pelos cursos superiores, onde o profissional passa a ter um conhecimento teórico muito mais amplo, fazendo com que esse sujeito adquira “poder de persuasão” no momento do atendimento com seu cliente.

Conclui-se que, não basta ter somente conhecimento anatômico, fisiológico, ou cosmecêutico. Deve-se saber exatamente passar com clareza do que se trata esse ou aquele protocolo, para então se alcançar os objetivos esperados.

Além disso, para atender as expectativas do mercado atual o profissional das áreas da “Saúde e Beleza” necessita dominar assuntos relacionados à marketing, empreendedorismo, bioética, biossegurança, entre outros, justificando assim a importância de se renovar cada vez mais.

Lembre-se: o mercado é acirrado e para permanecer em evidência as palavras chaves são: Ciência, Comunicação e Informação.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here