Uso dos lasers para tratamento de cicatrizes de acne

0
362
acne

Um dos problemas resultantes da acne são as cicatrizes, e estas são resultado da perda de fibras colágenas e elásticas. As produções dessas fibras ocorrem de forma desorganizada devido à atividade inflamatória intensa. As sequelas são cicatrizes distensíveis e não distensíveis, que são de difícil tratamento. Há algumas opções terapêuticas com o objetivo de reverter esse quadro: peelings químicos, excisão cirúrgica, dermoabrasão, elevação e/ou enxerto com punchs, preenchimento e resurfacing a laser.

O tratamento com laser para a remoção de cicatrizes causadas por acne, mostram resultado eficaz. Os lasers ablativos tradicionais removem toda a epiderme e parte da derme com resultados excelentes, porém o período de recuperação é longo

O laser fracionado forma colunas de ablação total e ilhas de pele íntegra, e o tratamento é mais eficaz, e recuperação rápida ocorrendo a partir das ilhas de pele sã. O laser fracionado promove a renovação da pele e estimula a formação de colágeno, ele possui uma grande afinidade com a água existente nas células da pele e é absorvido por elas. Ao absorver a energia do laser, ocorre um rápido aquecimento dessas células na pele, que se vaporizam. Este processo provoca a regeneração da pele, que se retrai rapidamente, provocando uma reorganização dos tecidos vaporizados e da pele ao redor.

O artigo de estudo, demonstrou eficácia e segurança do resurfacing fracionado (lasers de CO2 e Erbium-Glass) para correção de cicatrizes atróficas de acnes nos pacientes. Dessa forma foram demonstradas a eficácia e segurança do método de resurfacing fracionado nas cicatrizes atróficas de acne.

No artigo 2, há a referência do Erbium-YAG laser: 2940nm, com coeficiente de absorção muito maior que o de CO2. Grande parte da energia do laser de Erbium é absorvida pela epiderme, mais superficialmente. A ablação do laser de Erbium é mais fina e o dano térmico é menor que o laser de CO2.

Neste artigo a autora relata que este laser mostrou ser eficaz e seguro e principalmente para tratamento de cicatrizes de acne. Foi observado que pelo exame anatomopatológico, neocolágeno e aumento das fibras elásticas na 3Hz, duração de pulsoderme, com 3 aplicações, intervalo mensal, 400mj/cm 300msec.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

  1. SANTOS BOENO, E.; ALMEIDA, A. R. T., dos SANTOS, D. V.; et al. Resurfacing com laser fracionado para cicatrizes atróficas de acne: avaliação na população brasileira. Surg Cosmet Dermatol. 7(1):33-6. 2015.
  2. PATRIOTA, R.C.R. Laser um aliado na dermatologia. Laser an ally in dermatology.Rev Med (São Paulo), v. 86, n. 2, p. 64-70, 2007.
Compartilhar
Artigo anteriorO Protetor Solar correto e seu diferencial
Próximo artigoClareamento de hipercromia supralabial
Lucineia Leite
Biomédica , tecnologia estética, terapeuta naturista (Chinesa e Indiana). Pós Graduada em Nutrição Clinica e Ortomolecular. Pós Graduada em Fisiologia Humana e Saúde da Mulher no Climatério pela USP, com artigo publicado. Pós Graduada em biomedicina estética. Especialista em Programação Neuro Linguística (PNL). Membro da Associação Médica Brasileira de Ortomolecular. Membro da Sociedade Brasileira de Nutrição Funcional. Professora em estética e terapias complementares em diversas empresas do ramo desde 1997, dentre elas SENAC, SESC, VITA DERM e demais empresas no ramo de cosmética. Idealizadora da Técnica Lipoescultura Manual Corporal - A Original - ganhadora de prêmio em 2005. Idealizadora na Técnica Massagem Redutiva apresentada no Estética In São Paulo – 2016. Idealizadora do Método Quantum Light Redux

Deixe uma resposta