Quase um século de design de sobrancelhas

0
263

Cada década parece imprimir às sobrancelhas um formato peculiar. O padrão de beleza de hoje, com certeza, vai mudar e se tornar obsoleto dentro de alguns anos (ou meses!). Venha conosco em uma viagem através das décadas e saiba quais celebridades representaram melhor cada tendência.



 Anos 20 e 30: Sobrancelhas feitas a lápis 
Nos anos 20, a atriz americana Clara Bow um estilo de maquiagem marcante, que incluia sobrancelhas precisamente desenhadas à lápis. Este tipo de sobrancelha era bastante útil em filmes da era do cinema mudo, pois ajudavam às atrizes a passarem as emoções das personagens para as telas de cinema. A moda pegou e as sobrancelhas finas, lineares, ainda eram bastante populares na década de 30, mas seu desenho evolui para um arco alto. As atrizes Joan Crawford, Marlene Dietrich e Jean Harlow eram fãs de sobrancelhas “altas”, com o arco exagerado.




 Anos 40: Arco marcado ou arredondado 
Nos anos 40, começamos a ver um declínio das sobrancelhas artificialmente finas. A famosa atriz Lauren Bacall usava sobrancelhas com um arco marcado, enquanto Veronica Lake tinha as sobrancelhas mais arredondadas, que eram o acessório ideal para a sua marca registrada: seus cabelos que caíam sobre o rosto, expondo os olhos em uma brincadeira de esconde-esconde.


  


 Anos 50: Escuras e pesadas 
Vários formatos e espessuras dominaram a década de 50: Elizabeth Taylor tinha sobrancelhas escuras e pesadas, enquanto que as sobrancelhas de Marilyn Monroe eram arqueadas e mais escuras do que seu cabelo louro platinado.




 Anos 60: Marcadas, super escuras e espessas 
Com a chegada dos anos 60 e dos seus grafismos, o jogo mudou. A renomada modelo britânica Twiggy exibia arcos marcados que contrastavam com o seu estilo de maquiagem, marcando seus olhos de boneca, enquanto Edie Sedgwick era conhecida por suas sobrancelhas extra-escuras e espessas, que eram um contraponto ao seu cabelo curtíssimo e louro platinado.




 Anos 70: Bem feitas e naturais 
Os anos 70 trouxeram uma sobrancelha mais natural, pelo menos em comparação às décadas anteriores. As sobrancelhas de Farrah Fawcett eram sutis, enquanto a mulher maravilha, Lynda Carter, exibia uma sobrancelha bem feita.




 Anos 80: Super cheias e espessas 
Sobrancelhas cheias e espessas representam os anos 80. Madonna apareceu na cena mundial com sua sobrancelha intacta e natural e as sobrancelhas super cheias de Brooke Shields fizeram história, se tornando um ícone da beleza.




 Anos 90: Desenho elegante e fino 
Quando os anos 90 chegaram, sobrancelhas finas, definitivamente, estavam na moda novamente! As sobrancelhas de Drew Barrymore e Pamela Anderson relembravam o desenho das sobrancelhas de Clara Bow. Como na moda, a história estava se repetindo!





 Anos 2000/2010: Espessas e cuidadas 
No começo dos anos 2000 e até hoje, as sobrancelhas não seguem mais o “último grito” da moda, masseu desenho procura respeitar o formato de cada rosto. Hoje, há espaço para sobrancelhas espessas e naturais, como as da modelo inglesa Cara Delevingne, ou desenhadas e arredondadas, como as da socialite Kim Kardashian. O que está mesmo na “moda” são sobrancelhas cuidadas e desenhadas, seja com depilação a pinça, cera ou linha e preenchidas com maquiagem ou com micropigmentação.

Você dispõe de diversas técnicas para atingir o resultado que você quer, mesmo que a sua cliente queira sobrancelhas cheias como as de Elizabeth Taylor, mas com o arco arredondado como o de Veronica Lake!


 Na Estética in São Paulo 
O micropigmentador e publicitário Alan Spadone vai ministrar a Master Class de micropigmentação para sobrancelhas mais naturais: “Fio a fio life”. Inscreva-se e conheça esta técnica capaz de oferecer exatamente o que a sua cliente quer!

Fonte: www.beautylish.com

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here