Microagulhamento – Parte 1

0
1275

O microagulhamento, também conhecido como Indução Percutânea de Colágeno, Micro Estimulação Indutiva, ou até mesmo DermaRoller, é uma técnica que utiliza um equipamento em forma de rolinho, com microagulhas enfileiradas e alinhadas simetricamente até 540. Essas agulhas perfuram a pele, sem causar maiores danos à epiderme, o que torna o procedimento mais seguro na maioria das vezes.
id - pamela arantes
Essas micro lesões estimulam a produção de colágeno e elastina, além de, em alguns casos, diminuir a aderência de algumas cicatrizes e lesões.
Sendo assim, o procedimento é indicado para as seguintes disfunções estéticas:
– Cicatrizes de Acne
– Estrias
– Rugas
– Cicatrizes hipotróficas em Geral
– Revitalização da pele
– Permeação de produtos
Para ter bons resultados o ideal é que sejam feitas em média 5 sessões, respeitando o intervalo médio de 30 dias entre cada sessão.
Existem diferentes tamanhos de agulhas para diferentes tratamentos.
Agulhas de 0,2 a 0,5mm devem ser utilizadas por esteticistas. Até 1,5mm podem ser utilizadas por fisioterapeutas, biomédicos e enfermeiros (1,0 a 1,5mm deve-se aplicar anestésico tópico previamente para diminuir o desconforto). Acima de 2,0mm deve ser utilizada apenas por médicos pois requer bloqueio anestésico na maioria das vezes.
O aparelho deve ter registro na ANVISA e ser, obrigatoriamente, descartado após o uso!
O profissional deve ter capacitação para realizar a avaliação previa e aplicar corretamente a técnica, afim de não provocar danos a pele como hipercromias, por exemplo.
Não perca nosso próximo artigo com maiores cuidados e especificações da técnica!

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here