A mais recente bobagem para remover cravos da pele

0
3272
cravos

A última bobagem que li em termos de “receitas caseiras” divulgadas por “blogueiras” fala a respeito de como remover cravos com cola branca.
Ai, ai, ai… a cada dia aparece mais gente irresponsável fornecendo  receitas absurdas e danosas.
Fico espantada com o nível crescente de bobagens que circulam pelo universo da web.
A cola escolar é constituída basicamente destes ingredientes:

> Polímero vinílico, que tem a função de aderir, colar materiais inertes.
> Acetato de Tributil Citrato, que é um plastificante industrial e na pele pode provocar irritação
> 1,2-Benzo-Isotiazol-3(2H)-ona, que também é um conservante industrial

Essas três categorias de ingredientes NÃO pertencem à lista de substâncias permitidas para cosméticos pelo simples fato de não existirem testes de segurança dérmica que comprovem sua inocuidade para usar na pele.
Meninada, não adotem esse tipo de receita maluca e insensata!

Vc sabe o que é um “cravo”?
O nome correto dessa erupção é COMEDÃO, consequência do aumento da secreção sebácea (gordura) associada ao estreitamento e obstrução da abertura do folículo pilosebáceo (poro). Esse quadro é denominado ACNE NO GRAU I.
Estas condições favorecem a proliferação de microorganismos que provocam a inflamação característica das espinhas. O Propionibacterium acnes é o agente infeccioso mais comum.
> Cravos pretos: Comedões abertos
Escurecem pela oxidação do sebo provocada pelo contato com o ar, se resseca e endurece.> Cravos brancos: Comedões fechados
Como possuem uma abertura microscópica para a superfície da pele, o ar não alcança o material dentro do folículo, a reação de oxidação não ocorre e o conteúdo se mantém branco e amolecido.

Como cuidar dos comedões
Procure uma linha cosmética específica para ACNE no grau I. As fórmulas devem conter agentes que controlem a produção excessiva de gordura e também proporcionem uma atividade antiséptica, eliminando a ação da bactéria Propionibacterium acnes.
Bons ingredientes para procurar nos produtos cosméticos: Ácido Salicílico, Cloreto de Benzalcônio, Extratos vegetais (Hamamelis virginiana, Portulaca Oleracea e Cinnamomum Zeylanicum).

Para quem quer saber mais sobre as colas brancas, aqui vai a ficha de segurança de uma delas. Por favor, vejam as instruções do fabricante para o caso de contato com a pele: “Remover roupas contaminadas, lavar com água em abundância e sabão, procurar atendimento médico se apresentar irritação ou outros sintomas”.

http://www.acrilex.com.br/admin/produtos/FISPQ%20COLA%20BRANCA%20n%C2%B0014.pdf

Chega de tanta besteira!

Compartilhar
Artigo anteriorNutrição e o combate ao envelhecimento cutâneo
Próximo artigoTecnologia de alta performace para microagulhamento
Sonia Corazza
Sonia Corazza é engenheira química especializada em Cosmetologia e trabalha em Pesquisa e Desenvolvimento de produtos há 39 anos. Criou produtos e linhas cosméticas inovadoras para empresas como Natura, Boticário, Avon, IFF e outras líderes mundiais. Pesquisa a flora brasileira e os efeitos dos cheiros no cérebro a mais de 15 anos, sendo autora da obra referência "Aromacologia - uma ciência de muitos cheiros", da Editora Senac.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here