Laserlipólise

0
577

A Laserlipólise é considerada uma inovação no tratamento não invasivo de redução da gordura localizada, celulite e melhora no contorno corporal, proporcionando ao paciente resultados eficazes e rápidos, sendo um método seguro e indolor, sem a necessidade de intervenções cirúrgicas.

Essa técnica é indicada para pacientes que possuem sobrepeso ou gordura localizada nas regiões do abdômen, costas, coxas, culotes, flancos, papada, entre outras regiões do corpo. Além do benefício da redução de medidas o tratamento, que é indicado para ser feito em oito sessões em cada região, também pode ser realizado para atenuar a flacidez corporal, melhorar a textura da pele, a aparência de estrias e celulite.

 

A Laserlipólise funciona por meio do laser diodo de 650nm, que age diretamente sobre a mitocôndria, organela celular responsável pela produção de energia de todo o corpo humano.

Durante o procedimento, o feixe de luz emitido atua na permeabilidade da membrana celular, abrindo poros e permitindo que a gordura seja liberada na corrente sanguínea. Por isso, a prática de atividade física –  principalmente aeróbico – nas primeiras duas horas após cada sessão, auxilia a eliminação das substâncias pela urina, já que otimizam a eliminação pelo sistema circulatório.

Como atua o Laser Diodo?

O laser de diodo (laser de baixa potência) com 650nm é utilizado para redução de gordura, consequentemente redução de medidas. O alvo do laser são as mitocôndrias da célula adiposa, estimulando temporariamente o mecanismo de transporte de elétrons da organela. O resultado é o aumento temporário da produção de ATP. Como efeito secundário temos o aumento dos íons H+ que migram para o interior da célula, diminuindo o ph. A célula responde a este aumento da concentração de H + através da abertura de canais de transporte ou de poros na membrana da célula, para que ocorra o equilíbrio de íons. Além de aumentar a concentração de H+, existe também um aumento de Ca2 + que passam para o interior da célula, desencadeando a libertação de lipase. Esta enzima quebra triglicérides armazenados para criar ácidos graxos livres e glicerol. Os metabólitos menores são transportados para o sistema linfático, e redistribuídos para os tecidos do corpo para o metabolismo durante o exercício.

Os efeitos bioquímicos da energia do laser de baixa potência no tecido adiposo são mediados através de um efeito sobre a citocromo C oxidase, enzima que facilita a transferência de elétrons. Deste modo, estimula a mitocôndria em adipócitos para aumentar ATP. O aumento do AMPc estimula lipase citoplasmática, que converte os triglicerídeos em ácidos graxos ácidos e de glicerol, que passam através de poros formados na membrana. (Zerona, Erchoni)

A Laserlipólise pode ser realizada em qualquer tom e tipo de pele, sem qualquer restrição a exposição solar, pois não causa manchas. O tratamento também não causa incômodo nem efeitos colaterais, mas é contraindicado para gestantes e pacientes com epilepsia.

Protocolo:

Indicação: ideal para combater a gordura localizada.

Quantidade de sessões: 08 sessões, de apenas 20 minutos cada, duas vezes por semana.

Benefícios: reduz até oito centímetros de gordura, melhora a textura da pele e auxilia no combate a flacidez.

       Antes                           Depois do tratamento

O método é totalmente não invasivo e indicado para os que possuem sobrepeso ou gordura localizada no abdômen, costas, coxas, papada e demais regiões Não provoca incômodos e nem efeitos colaterais e pode ser aplicado em qualquer tipo e tom de pele.

A Laserlipólise é uma opção segura e eficiente no tratamento de redução de medidas, gordura localizada e um novo contorno corporal. Uma alternativa inteligente para quem busca resultados excelentes, imediatos e duradouros.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here