Hora do chá

0
133

Os chás têm sido consumidos como uma bebida popular em todo o mundo devido os benefícios na pele como a fotoproteção por polifenóis, de aroma agradável, bebida de chá verde de grau comercial é produzido a partir das folhas da planta Camellia sinensis e está comercialmente disponível principalmente em três formas: verde, preto e chá oolong, O nome “oolong” vem do chinês e significa “chá do dragão negro. ” Há muitas variedades diferentes de chá oolong e assim, uma ampla variedade de sabores e aromas. O processo de fermentação do oolong dilui seu valor nutricional comparado ao chá verde e chá branco, no entanto, ele continua sendo uma bebida extremamente saudável. Da produção total de chá comercial em todo o mundo, cerca de 78% é consumida na forma de chá preto, principalmente em países ocidentais e alguns países asiáticos, e 20% é consumida na forma de chá verde. O chá verde é amplamente consumido em países asiáticos como, Japão, China, Coreia do Sul, partes da Índia e alguns países do Norte de África e no Médio Oriente, seu consumo está a aumentar nos países ocidentais, incluindo os Estados Unidos e novas investigações sobre seus benefícios de saúde e atividades anticancerígenos em vários órgãos. Estudos têm demonstrado que os polifenóis possuem propriedades antioxidantes, atividades anti-inflamatórias e anticancerígenos em vários sistemas in vitro e in vivo. Desde os tempos antigos, produtos naturais, ervas e especiarias têm sido usados para prevenir várias doenças, incluindo câncer. Na história da medicina, uma associação entre a dieta e a doença tem persistido. Quase 25 séculos atrás, Hipócrates, o pai da medicina moderna, proclamou “Deixe o alimento ser sua medicina e a medicina seja o teu alimento”.

Cerca de 35 anos atrás, o National Cancer Institute iniciou um programa de dieta fornecendo aos pesquisadores os recursos necessários para melhor elucidar o papel dos fitoquímicos dietéticos na prevenção do câncer e estão entre o grupo mais promissor de produtos naturais que podem ser explorados como agentes quimio-preventivos ideal para uma variedade de desordens da pele em geral. Os avanços recentes na compreensão nos níveis celulares e moleculares de carcinogêneos levaram ao desenvolvimento de estratégias promissores para a quimio-prevenção de câncer. Quimio-prevenção é um meio de controle do câncer pelo uso de substâncias químicas naturais ou sintéticas específicas que podem suprimir, retardar ou reverter o processo de carcinógenos, oferece assim uma estratégia realista para controlar o risco de doenças de pele.
A biodisponibilidade e metabolismo de fitoquímicos podem influenciar a sua eficácia em moléculas pequenas, como monómeros catequina no chá verde, podem ser facilmente absorvidas através da barreira intestinal, ao passo que os polifenóis de grande peso molecular, tais como (-) – epigalocatequina-3-galato ou polifenóis do chá preto, são mal absorvidos. Uma vez absorvido, polifenóis são conjugados a grupos glucuronido, sulfato de metilo e na mucosa do intestino e tecidos internos, os polifenóis não-conjugados são virtualmente não encontradas no plasma. Como, a camada superior da pele é estrato córneo, que é de natureza hidrofóbica, alguns veículos são necessários para uma penetração efetiva das moléculas no interior da pele durante a aplicação ou o tratamento tópico. A exposição excessiva da pele à radiação ultravioleta radiação solar (UV) é um dos principais fatores para o desenvolvimento de câncer de pele, incluindo não melanoma, o consumo de fitoquímicos alimentares tem sido associada a numerosas vantagens de saúde, incluindo a fotoproteção.

A cultura de células in vitro e in vivo em estudos com animais indicam que os polifenóis presentes no chá verde (abreviado como GTPs: Uma mistura de epicatequinas chá verde ou polifenóis) são agentes quimiopreventivos melhor do que as presentes no chá preto.
O chá verde vem sendo utilizado na inibição de câncer de pele, seguindo os protocolos fotocarcinogênese padrão utilizando SKH-1 ratos sem pelo, verificou-se que a administração oral de GTPs (chá verde) na água de beber dos ratinhos resultou em proteção significativa contra o desenvolvimento de câncer da pele, em comparação aos não tratados com GTPs. Um extrato com água de folhas de chá verde, que continham principalmente uma mistura de ingredientes poli fenólicos, quando administrada como a única fonte de água potável, ratinhos estavam protegidos da radiação UVB, e também promoveu a regressão parcial de tumores cancerígenos, estabelecidos em ratos a administração oral a longo prazo ou a aplicação tópica de GTPs ou EGCG (-) -epigallocatechin-3-gallate não mostraram sinais de toxicidade visível.
Os efeitos fotoprotetores de polifenóis sobre danos ao DNA induzidos por UVB contribuem para a prevenção de câncer de pele e agir no sentido de revogar os vários processos bioquímicos induzidos ou mediadas pela radiação solar. Com base nas evidências epidemiológicas e in vitro e in vivo em estudos de laboratório, sugere-se que o consumo de rotina ou tratamento tópico da pele com os polifenóis do chá verde pode proporcionar proteção eficaz contra os efeitos nocivos da radiação ultravioleta solar em seres humanos. Com base na informação obtida em modelos de animais, pode-se sugerir que o consumo regular de 5-6 xícara de chá verde (1 g de folhas de chá verde / 150 ml de água = 1 xícara) por dia por seres humanos pode proporcionar o mesmo nível de efeito foto protetor no sistema humano como foi observado em modelos animais. No entanto, a magnitude do efeito fotoprotetor em termos de imunossupressão induzida por UVB e a reparação do DNA com o uso do chá verde pode diferir de pessoa para pessoa. Não importa a estação, sirva chá aos amigos e clientes, apenas pergunte se eles apreciam um chá gelado ou quente, renove suas amizades e energias. Vamos tomar um chá?

Referência:
Green tea prevents non-melanoma skin cancer by enhancing DNA repair
Santosh K. Katiyar, Arch Biochem Biophys. Author manuscript; available in PMC 2011 Oct 15. Arch Biochem Biophys. 2011 Apr 15; 508(2): 152–158.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here