Nasce uma nova área na estética: a estética íntima

0
5343

Não é novidade a infinidade de tratamentos que existem no mercado para face, corpo e cabelo, porém o que muitas pessoas ainda não conhecem é uma área da estética que vem crescendo muito: a Estética Íntima.

Estética Íntima é a área da estética que cuida da região íntima, a região genital. Os tratamentos buscam melhorar a aparência dessa região com técnicas como clareamento de virilhas e perianal, tratamento para flacidez e até transplante de pelos.

O envelhecimento é um processo natural e fisiológico e ocorre em todas as partes do corpo, inclusive na região genital. Além do processo de envelhecimento intrínseco (fisiológico) somam a isso fatores como obesidade, tabagismo, alcoolismo, hábitos alimentares inadequados, alterações hormonais, processos mecânicos como as depilações a cera, gestações, uso de determinadas medicações, vestimentas inadequadas e até componentes genéticos que podem agravar ou causar alterações estéticas na região genital.

Nos consultórios dermatológicos já existem muitos tratamentos para essas alterações, mas as queixas começam a chegar também aos consultórios das fisioterapeutas e esteticistas, ainda de forma tímida e cercada de preconceito, mas aos poucos vai agregando adeptas e promete ser uma área de muito destaque.

Muitas mulheres e homens não se sentem satisfeitos com o aspecto estético da região genital e isso pode refletir na qualidade de vida sexual.

Diversas técnicas podem ser realizadas na área da estética nessas regiões como radiofrequência, a carboxiterapia, o microagulhamento (com objetivo de melhorar a flacidez local), lipocavitação (gordura localizada) e o peeling, luz pulsada e laser com objetivo de clarear a região além da própria depilação a laser ou com luz pulsada que já é bem difundida no mercado.

Na parte médica podem ser realizados preenchimentos com ácido hialurônico, transplante de pelos (geralmente indicado após os 60 anos quando há perda dos pelos da região), ninfoplastias (correção cirúrgica dos pequenos lábios), lipoaspiração do monte de Vênus (púbis), correção de cicatrizes deixadas em alguns partos e até toxina botulínica em caso de pessoas que tem sudorese excessiva na região inguinal.

A estética íntima traz aos homens e mulheres uma oportunidade de resgatar a jovialidade da região, melhorando seu aspecto estético, resgatando a autoestima e proporcionando uma melhor qualidade de vida, inclusive da vida sexual.

Compartilhar
Artigo anteriorEnergize e purifique cada ambiente da casa com os óleos essenciais
Próximo artigoO Ultrassom na estética
Mariana Negrão
Mariana Negrão é fisioterapeuta com 11 anos de experiência e diversas pós-graduações entre elas a de Fisioterapia Dermato Funcional e de Docência no Ensino Superior. Docente de diversas pós-graduações de fisio dermato e estética e Docente do curso de Bacharelado em Estética da Universidade Ahembi Morumbi e do Curso de Graduação em Visagismo da Universidade Anhembi Morumbi. Autora do blog Pérolas da Estética.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here